Como comprar alimentos orgânicos com segurança

Você sabe identificar quando um produto é orgânico de verdade?

13 de abril de 2016 - Por: Redação


Alimentação_orgânicos-618x420

Alimentos orgânicos já fazem parte do cardápio das pessoas que se preocupam com o seu bem-estar e uma vida mais saudável. Por serem cultivados sem a utilização de agrotóxicos ou outras substâncias sintéticas que agridam o meio ambiente, eles oferecem muito mais nutrientes ao ser humano. Ainda assim, muitas pessoas acabam saindo do mercado sem saber se estão comprando alimentos realmente orgânicos ou não, seja por falta de informação ou por má fé do comerciante.

No entanto, a fiscal federal agropecuário Vera Lucia Ferreira explica que existem formas de comprovar se o que está sendo ofertado cumpre com as exigências legais que podem garantir a qualidade orgânica. Siga as dicas da especialista e fique de olho no que está levando para a sua mesa:

Nos mercados

“Nos mercados em geral o consumidor deve observar se o produto tem no rótulo o selo do Sistema Brasileiro de Avaliação da Conformidade Orgânica (SisOrg) e se foi verificado por ‘Certificação por Auditoria’ ou ‘Certificação por Sistema Participativo de Garantia’”, esclarece a fiscal.

Nas feiras

No caso da venda direta aos consumidores, como nas feiras livres, Vera explica que a legislação reconhece que os laços de confiança entre consumidores e os produtores orgânicos podem substituir a certificação. Ainda assim é importante verificar se os produtores são vinculados a uma Organização de Controle Social (OCS) cadastrada no Ministério da Agricultura para serem autorizados a vender.

A declaração de cadastro precisa estar disponível em locais de comercialização para conferência dos consumidores. “O consumidor deve solicitar a apresentação do documento que comprova o cadastramento como produtor orgânico habilitado para fazer a venda dos produtos”, reforça a fiscal.


Viver no digital

Loading...