Poder aos vegetarianos

Alimentação restritiva requer cuidados especiais, como uso de suplementos

24 de abril de 2014 - Por: Redação

vegetariano

Seja por ideologia ou por opção de consumo, cada vez mais pessoas no mundo todo estão optando por uma alimentação mais restritiva, excluindo carnes e também produtos de origem ou que tenham sido testados em animais da sua dieta. O Brasil ocupa o segundo lugar no mundo na quantidade de pessoas que optam por não comer carne. Uma pesquisa realizada pelo Ibope em 2012 detectou que 9% da população brasileira é vegetariana, ou seja, aproximadamente 19 milhões de pessoas.

Vale ressaltar a diferença entre os dois grupos, vegetarianos e veganos. Vegetarianos são aquelas pessoas que excluíram as carnes de sua dieta, comendo os demais alimentos normalmente. Veganos são os que optaram por, além de excluir a carne do seu consumo, excluíram também todos os produtos de origem animal, como queijo e leite, além de produtos que foram testados em animais, como cosméticos e medicamentos.

Suplementos de vitaminas e minerais

De olho nesse público, algumas indústrias farmacêuticas desenvolveram produtos que atendem a essas necessidades. É o caso da Queisser Pharma GmbH&Co. Kg, indústria alemã, com mais de 115 anos de história, presente em mais de 60 países e que está chegando ao Brasil este ano. A fabricante oferece a linha Doppelherz aktiv, composta por cinco suplementos de vitaminas e minerais que podem ser consumidos por vegetarianos, e outros três que podem ser consumidos também por veganos.

O executivo da Queisser Pharma do Brasil, Eduardo Salvagnini, diz que a chegada da indústria ao país se deu por identificar nos brasileiros um potencial consumidor de suplementos de vitaminas e minerais. “O brasileiro tem se preocupado cada vez mais com a sua saúde, e isso tem se evidenciado nos últimos anos, por meio de publicações, novidades no setor alimentício e a popularização da prática de atividades físicas. Depois de estudar o perfil do brasileiro e o mercado nacional, estamos trazendo opções em suplementos de vitaminas e minerais para auxiliar às pessoas para conquistar mais qualidade de vida e bem-estar”, diz o executivo.

Como manter uma dieta equilibrada

Embora a opção individual de cada um deva ser respeitada, a nutricionista Marcella Comini alerta para as deficiências de algumas vitaminas que os optantes pelo vegetarianismo e veganismo podem sofrer. “Quando a pessoa opta por uma dieta sem carne, sem o auxílio de um profissional, podem ocorrer deficiências em alguns nutrientes principais, como: Vitamina B12, que pode ser encontrada exclusivamente em carnes, ovos, leite e seus derivados, além de outras vitaminas, essenciais para o corpo humano”, diz Marcella.

Outro fator importante na dieta dos veganos é o consumo de leite, fonte de Cálcio. “Veganos e ovo-vegetarianos devem ter atenção às quantidades ingeridas de alimentos que substituam o cálcio encontrado no leite retirado na dieta”, afirma a nutricionista. A ausência de outras vitaminas pode acarretar diversos problemas, dentre eles a anemia. Seja qual for a sua escolha, vegetariano ou vegano, o importante é obter informação sobre os alimentos e as quantidades necessárias para manter um organismo saudável.

Em relação ao uso de suplementos de vitaminas e minerais, a nutricionista indica o consumo para repor as vitaminas necessárias para o organismo e que não são obtidas na alimentação. “O prazer de comer para repor os nutrientes é a parte mais importante para o ser humano. No caso dos veganos, a suplementação de B12 é essencial. Em anemias profundas a suplementação também é indicada”, diz a nutricionista.

Dica de especialista

Veja algumas dicas da nutricionista para vegetarianos e veganos:

– Diversifique o consumo dos alimentos da sua dieta a fim de poder extrair o máximo de vitaminas possível.

– Consuma feijão branco, gergelim torrado, frutas secas, castanha, tofu e fórmulas de extrato de soja para repor Cálcio.

– Faça a ingestão de Ferro sempre junto com vitamina C (laranja, limão e abacaxi), para melhorar a absorção desse mineral.

– Para melhorar a absorção de Zinco, deixe os grãos sempre de molho de um dia para o outro antes do consumo.

– Faça a ingestão de três copos de leite por dia para suprir as necessidades de Cálcio. No caso de falta severa de Cálcio, a suplementação imediata pode ser indicada.

Related Post


Viver no digital

Loading...