Estrias, no combate ao inimigo invisível

Sofre com as temidas estrias? saiba como cuidar e devolver o aspecto saudável à sua pele

11 de maio de 2017 - Por: Redação


Thinking about... Thoughtful young woman keeping hand in hair while sitting on the bed at home

 

Além da celulite existe outro inimigo que precisamos combater em nossa busca por um corpo mais boni­to: as estrias! Elas aparecem de forma lenta, como risquinhos de cor avermelhada, e com o passar do tempo vão ficando mais largos, profundos e com coloração es­branquiçada. Até que nos damos conta de que, sim, é uma estria.

Ok, mas por que elas aparecem? “Essas marcas aconte­cem por conta do rompimento das fibras elásticas e coláge­nas da pele que sustentam diversas partes do corpo, como os seios, coxas, barriga e glúteos”, explica a dermatologista Dra. Maria Frantzezo, da clínica MK Derma. Elas são mui­to comuns durante a adolescência e gestação, pois são dois momentos que o corpo feminino sofre mudanças, além dos casos em que há ganho rápido de massa muscular e obe­sidade. Por outro lado, o uso de alguns medicamentos e a falta de hidratação na pele também podem causar essas cicatrizes.

 

COMO TRATAR?

Sim, pode ficar calma porque elas têm tratamento para ame­nizar o problema! De acordo com a médica, os tratamentos estéticos são inúmeros e prometem diminuir o tecido fibro­so. “Isso melhora a elasticidade e devolve o aspecto saudável à pele, mas exige disciplina por parte dos pacientes!”

 

EM CASA

Para os casos menos agressivos é preciso intensificar a hi­dratação utilizando produtos específicos. “Use hidratantes com ativos à base de esqualenos, lecitina de soja, ureia, lac­tatos, ceramidas, ácidos graxos, vitamina C e óleo de semen­tes de uva. Aplique diariamente logo após o banho”, ensina.

 

SOLUÇÕES POWER

Mesmo hidratando e cuidando da pele você ainda não viu resultado? Tudo bem, pode ser que as estrias sejam mais pro­fundas e antigas. “Procure um especialista para saber qual é o tratamento mais indicado para o seu caso”, diz Dra. Maria.

 

O arsenal antiestrias nos consultórios dermatológicos conta com opções para as manchinhas mais recentes, que são:

– Luz intensa pulsada e peelings

 

E as soluções nos casos mais profundos:

– Laser fracionado

– Dermarroler (aparelho que estimula a produção de colágeno)

– Peeling de cristal e peeling de diamante associados a peelings químicos, como ácido retinóico e glicólico

 

Lembre-se:

Tratamentos estéticos podem demorar algum tempo até o resultado desejado, mas seja persistente! “O laser, por exemplo, começa a apresentar melhoras na pele após três ou quatro sessões, quando acontece a produção de colágeno.

 

Tem como evitar?

Na adolescência e durante a gravidez é quase certo que as estrias vão acabar aparecendo, mas em outros momentos é possível evitar o aparecimento de novas manchinhas.

– Evite ganho de peso abrupto, seja por má alimentação ou ganho de massa muscular exagerada

– Hidrate sempre a pele! Uma cútis ressecada é mais predisposta ao apa­recimento de estrias

 

 

Posts Relacionados

Como valorizar o rosto usando iluminador Um produto tem se tornado o queridinho no mundo da beleza ultimamente: o iluminador. Mas você sabe qual é a sua função e como usar? Ele serve para...
Cronograma capilar para recuperar os fios Secador, chapinha, exposição ao sol, procedimentos químicos... Tudo isso vai detonando o cabelo, deixando-o mais ressecado, quebradiço e sem brilh...
Como manter a cor perfeita dos cabelos após as fér... Depois de tanto sol, mar e piscina durante as férias, os cabelos pedem socorro! Os louros e mechados ficam amarelados, os ruivos ficam quase louro...

Viverno digital

Loading...