Num piscar de olhos

16 de novembro de 2012 - Por: Redação

Dr. Artur Schmitt explica como é possível enxergar melhor e eliminar óculos de grau e lentes com a cirurgia refrativa

 

Os dados são elevados. O Conselho Brasileiro de Oftalmologia (CBO) aponta que 50% da população brasileira precisa usar óculos por conta do vício de refração. Ou seja, doenças como miopia, hipermetropia, astigmatismo ou presbiopia. Com as mulheres, a vaidade fala mais alto: um recente estudo do IBOPE apontou que três em cada 10 mulheres que precisam usar óculos ignoram a orientação médica devido a padrões estéticos. Foi aí que a medicina apresentou uma solução definitiva para o caso: a cirurgia refrativa a laser.

Para saber mais sobre a possibilidade das pessoas se livrarem do incômodo dos óculos, consultamos o oftalmologista e especialista em cirurgia refrativa Dr. Artur Schmitt, do Hospital Barigui de Oftalmologia. E a notícia é boa, pode comemorar! Estes tipos de grau podem ser corrigidos com precisão e segurança por meio da cirurgia refrativa a laser.

De acordo com o Dr. Schmitt, “o procedimento é extremamente preciso e personalizado para cada paciente, corrigindo não somente o grau (dos óculos), mas também imperfeições específicas e individuais da córnea de cada paciente”. Tudo isso resulta em uma visão ainda melhor. Ele complementa: “Atualmente, a cirurgia refrativa consegue eliminar a miopia, hipermetropia, astigmatismo e também a presbiopia (vista cansada). O que livra os pacientes, não só do uso dos óculos para longe, mas também daqueles utilizados para leitura”.

Ele ainda explica que um laser especial, o excimer laser, atua sobre a córnea fazendo um micropolimento da sua superfície. Com a ajuda da tecnologia de waverfront, o excimer laser também corrige aberrações óticas de cada paciente e soluciona imperfeições que dificultam a formação de imagens nítidas, principalmente quando há pouca luz, sendo que estas aberrações corrigidas com laser não são corrigidas com os óculos. Desta forma, a visão pós-cirurgia fica ainda melhor. Outra boa notícia dada pelo Dr. Schmitt é que a cirurgia é indolor e dura poucos segundos. “A maioria dos pacientes retorna às suas atividades habituais no dia seguinte ao procedimento a laser, sem precisar das lentes de contato ou dos óculos”, explica.

E quando a técnica é indicada? Aqui, não existe receita. É preciso consultar um especialista em cirurgia refrativa para saber se o seu caso é ideal para o procedimento. Serão realizados alguns exames complementares que avaliam a curvatura da córnea, sua espessura, qualidade do filme lacrimal, avaliam a retina e o cristalino, pressão intraocular e só depois destes exames é que o médico pode indicar a cirurgia. O Dr. Artur Schmitt nos adiantou que geralmente a cirurgia é realizada em adultos que apresentam grau estável há um ano.

 

VANTAGENS DA CIRURGIA A LASER

• Indolor: é realizada com anestesia tópica (somente colírio anestésico)

• Rápida recu peração: a maioria dos pacientes pode retornar ao trabalho no dia seguinte

• Dispensa o uso de tampão e curativo no pós-operatório

• Pode ser associada à tecnologia wavefront, o que permite corrigir distúrbios visuais que não são corrigidos com o uso de óculos ou lentes de contato

 

Dr. Artur Schmitt

Oftalmologista – Hospital Barigui de Oftalmologia

Av. Cândido Hartmann, 1.712

(41) 3075-2020

oftalmobarigui.com.br

Posts Relacionados

Cuidados essenciais APRESENTA Com a aplicação da medicina paliativa é possível evitar que uma pessoa sofra no momento de fim de vida. O objetivo é valorizar a vida, ...
As cores do ano também nas unhas Para este ano de 2016 a Pantone escolheu duas cores, Rosa Quartz e Azul Serenity. Os dois tons já começam a aparecer em roupas, calçados, acessórios e...
Usa óculos? A cirurgia a laser pode te ajudar   (Imagem: Jamie Beck e Kevin Burg) Dormir de óculos, não saber onde guardou e ficar com as lentes molhadas na chuva são situações comuns ...

Viverno digital

Loading...