Acupuntura contra a depressão

Sim, as agulhinhas podem complementar o tratamento contra o mal do século

23 de agosto de 2017 - Por: Redação

clinica-logo-branco-mobile pequena2

APRESENTA

 

Quem não conhece alguém que já teve depressão? Infelizmente o distúrbio é muito comum e, por isso, é considerado como o mal do século. É a dor da alma, um estado de desânimo e desinteresse que altera as emoções. “O tratamento convencional é realizado com medicamentos químicos receitados por psiquiatras após diagnóstico, além de sessões de terapia. Porém, para complementar esse tratamento, a Acupuntura é uma grande aliada”, afirma a fisioterapeuta Dra. Ludmila de Castro, da Clínica da Saúde Curitibana.

depressão

 

NATUREZA PARA A CURA

A natureza é sábia e nos dá recursos para afastar esse mal de nossas vidas. “Procure uma atividade física. Faça caminhadas em um parque bonito, na sua rua ou qualquer lugar agradável. Isso é um ótimo começo para quem procura sair da depressão. Além disso, a Acupuntura é muito eficaz porque estimula a endorfina, melatonina e adrenalina que regulam e melhoram a sensação de bem-estar, sono e disposição”, explica.

 

COMO FUNCIONA?

De acordo com a profissional, cada sessão dura em média 40 minutos e se recomenda uma vez por semana. “A hora do atendimento é um bom momento para relaxar, pois dispersa a ansiedade e as tensões, causa uma melhora imediata no sono, na disposição, além de inúmeros outros benefícios”, diz Dra. Ludmila.

 

A técnica é amplamente utilizada por fisioterapeutas há muitos anos, trazendo diversos benefícios à população. A prática é reconhecida pelo Conselho Federal de Fisioterapia e Terapias Ocupacionais e promove equilíbrio físico e mental, sem agressão ao corpo.

 

Foto Dra LudmillaDRA. LUDMILA DE CASTRO – CLÍNICA DA SAÚDE CURITIBANA

Rua Comendador Araújo, 86 | Centro

(41) 3402-2434

 

 

Posts Relacionados

Celulares tem 10 vezes mais bactérias do que o vas... Você usa o celular a todo o momento? A bateria acaba e logo dá aquele desespero? O item já se tornou indispensável na rotina da maioria das pessoa...
Inchaços no calor Você sente as pernas incharem quando as temperaturas sobem? Se a resposta é sim, o cirurgião vascular, Cristiano Schmitt explica: “Isso acontece porqu...
Viver com qualidade até o fim   APRESENTA É possível evitar que uma pessoa sofra nos momentos finais de vida e que esse sofrimento gere menor impacto aos seus en...

Viverno digital

Loading...