Como saber qual é o exercício ideal

Escolha alguma atividade física de que realmente você goste para conseguir um bom resultado

12 de setembro de 2016 - Por: Redação


Cia_Athletica

APRESENTA

 

Na hora de praticar uma atividade física, escolher o exercício que mais combina com seus interesses e estilo de vida é primordial. Se você gosta do que está fazendo, a probabilidade de querer continuar é maior, certo? Douglas Wolff Sereneski, personal trainer da Companhia Athletica, afirma que é preciso encontrar um treinamento que seja prazeroso e em um ambiente de que você goste de frequentar. “Assim a motivação sempre estará alta e não dependerá somente da obrigação de realizar um exercício”, argumenta.

 

O personal trainer Douglas Wolff Sereneski explica as vantagens de cada modalidade de exercícios

O personal trainer Douglas Wolff Sereneski explica as vantagens de cada modalidade de exercícios (Foto: Mariana Barcellos)

 

Além disso, é importante se conhecer, saber quais são suas restrições e limites. “A famosa frase ‘no pain no gain’ não deve se aplicar a tudo!”, diz Douglas. Sentir dores articulares, no tórax ou em tendões não indica que o treino foi bom. “Esses sinais mostram que algo está acima do seu limite ou então está sendo executado de forma errada”, ressalta.

 

Existem três categorias de exercícios: neuromusculares, cardiorrespiratórios e de flexibilidade. Todas são importantes de uma maneira diferente para o ser humano. Saiba como cada uma funciona e as aulas que você pode fazer.

 

PESO PESADO

Os exercícios neuromusculares servem para fortalecer os músculos e envolvem levantamento de peso:

 

– A mais conhecida é a musculação, pois, além de ser fácil manipular as cargas, é totalmente adaptável à condição e aptidão física do praticante.

– Duas vezes por semana é a frequência mínima recomendada para o aumento ou manutenção da força.

– Além do treino para ganhar massa muscular, existem os que promovem fortalecimento como pilates, CX Worx para corrigir postura e Body Pump para motivação, entre outros.

 

BORA SUAR?

Atividades cardiorrespiratórias e cardiovasculares elevam a frequência respiratória acima do repouso e treinam o coração

 

– Aulas de corrida, spinning, Power Jump e Hopping resultam em um alto gasto calórico e auxiliam no processo de emagrecimento.

– É possível realizar estímulos intervalados (forte/leve), o que eleva as respostas cardíacas e pulmonares ao exercício.

– Uma atividade muito procurada atualmente é o HIIT, treinamento intervalado de alta intensidade, que é uma prática rápida e desafiadora com alto gasto calórico.

 

ESTICA E PUXA

Alongamentos são indicados para quem deseja aumentar sua flexibilidade ou relaxar

 

– Quer aumentar seus níveis de flexibilidade? O ideal é fazer alongamentos no mínimo três vezes por semana.

– Existem diferenças no método para quem quer relaxar ou aumentar a flexibilidade, e também diversas modalidades como alongamento, Flex Circuit e Ioga.

– Uma modalidade que tem ganhado espaço nas academias é a liberação miofascial, que libera a tensão e realinha o corpo. Um exemplo nessa categoria é o Axis.

 

ROTINA DE EXERCÍCIOS

A combinação das três categorias aumenta as diferentes capacidades físicas, mas não é preciso realizar todos esses exercícios diariamente, ensina Douglas. “Antes de iniciar as atividades consulte um profissional de Educação Física. Ele vai avaliar seu nível de condicionamento físico, suas restrições e necessidades, criando um planejamento com progressão adequada que irá melhorar a condição física preservando sua saúde”, conclui.

 

 

Posts Relacionados

Academia para ciclistas abre em Curitiba Aqueles que praticam ciclismo profissional ou simplesmente amam andar por aí sobre duas rodas, terão um novo espaço exclusivo para treinar em Curi...
Botox nos dentes Um sorriso bonito faz toda a diferença, certo? Nessa busca, até o botox pode ser seu aliado. É uma técnica aplicada por profissionais da Harmoniza...
Paciente terminal: como funcionam os cuidados pali... APRESENTA     Fernanda Tuoto, enfermeira do Valencis Curitiba Hospice, explica como são os cuidados com um paciente terminal (Foto...

Viverno digital

Loading...