Cuidado com a micose de praia

Manchas de pele merecem atenção especial. Cuidados simples ajudam a evitar o problema

10 de janeiro de 2018 - Por: Redação

clinica-logo-branco-mobile pequena2

APRESENTA

Attractive fashionable woman having fun on the beach.

Todo mundo morre de medo da micose de praia, não é? Aquelas manchinhas brancas arredondadas são o terror na hora de colocar um biquíni.  Apesar de a doença não trazer graves riscos à saúde, ninguém gosta de ficar manchado. Por isso, ao se expor ao sol é sempre bom ficar atento às manchas que aparecem pelo corpo.

“É importante esclarecer que ninguém pega esta micose, pois ela não é contagiosa. O causador já está presente no corpo humano e é um fungo que só causa problemas quando cresce exageradamente e se prolifera pelo corpo”, esclarece  Dra. Ludmila de Castro da Clínica Saúde Curitibana.

“O nome do problema é pitiríase, conhecida vulgarmente como micose de praia. O fungo é muito comum na pele e se aloja principalmente nas áreas em que possuem mais gordura acumulada, como rosto, pescoço, tronco, couro cabeludo e nos braços”, complementa.

 


Leia também: Queimei, e agora?


Por que no verão?

Durante o verão, a incidência da micose de praia é bem maior por causa da umidade e das altas temperaturas e, apesar de popularmente ser chamada de micose de praia, a causa não vem da areia ou do mar. “Ela é somente chamada assim por causa do calor e da exposição ao sol, mesmo. Caso ocorra, deve descontinuar a exposição ao sol e usar sabonetes antifúngicos e esfoliantes. Eles podem ser uma boa saída para reduzir o número de manchinhas”, comenta a Dra. Ludmila.

Entre os cuidados que ajudam na prevenção está uma boa higiene pessoal na hora de cuidar do corpo. “Secar bem o corpo após o banho, principalmente nas áreas de dobras, é essencial para a não proliferação dos fungos”.

“Manchas na pele de qualquer cor ou tamanho merecem atenção e cuidados, por isso antes de buscar meios para tirar as manchas na pele, o ideal é procurar um profissional da área da saúde para receber a orientação correta para um tratamento”, finaliza.

 


Foto Dra LudmillaDRA. LUDMILA DE CASTRO

CLÍNICA DA SAÚDE CURITIBANA

Rua Comendador Araújo, 86 | Centro

(41) 3402-2434

 

Posts Relacionados

Vou de orgânico Todo mundo sabe que alimentos orgânicos são melhores. Mas por que mesmo? Segundo a nutricionista Camila Mattos, especialista em tecnologia de alimento...
Alimentação para uma vida melhor Foto: Jamie Street   Por: Tânia Mary Gomez   O que nem todo mundo sabe é que a alimentação também tem muito a ver com câncer. M...
Exercícios físicos e o câncer   Por: Tânia Mary Gomez   Você sabia que somente para o ano de 2016, a estimativa do Instituto Nacional de Câncer (Inca) é de 6...

Viverno digital

Loading...