Cuidados paliativos para quem?

Cuidados auxiliares que visam o bem-estar do paciente em fase terminal vão além do atendimento as doenças graves

31 de julho de 2017 - Por: Redação

Logo_VCH PEQUENA

APRESENTA

hospice_cuidados paliativos para quem

 

Cuidados Paliativos são oferecidos para pacientes que têm uma doença incurável ou em fase terminal. Esses cuidados visam à melhora da qualidade de vida do paciente por meio de prevenção e alívio do sofrimento decorrente da doença. Conversamos com a enfermeira do Valencis Curitiba Hospice, Fernanda Tuoto, para esclarecer algumas dúvidas em relação a quem pode receber esse tratamento, dúvida comum quando se fala nesse assunto.

 

Quais pacientes podem receber os Cuidados Paliativos?

Pacientes portadores de doenças potencialmente letais, que evoluirão para fase avançada e incurável da doença. São exemplos: neoplasias, doenças neurodegenerativas, demências (como Alzheimer), HIV, algumas doenças cardíacas e pulmonares.  Mas os Cuidados Paliativos também podem ser aplicados em pacientes que apresentam sequelas irreversíveis de eventos agudos como de um Acidente Vascular Cerebral (AVC), por exemplo. O foco é amenizar o sofrimento e as dores que essas doenças podem causar.

 

Familiares de um paciente também podem receber Cuidados Paliativos?

Sim. O paciente e a sua família são considerados um binômio de cuidados para a equipe de Cuidados Paliativos, principalmente nas questões sociais, emocionais e espirituais que envolvem o processo de morte e o morrer. A família poderá ser atendida pela equipe mesmo após o óbito do paciente, para que o luto seja trabalhado da melhor forma possível.

 

Como os familiares são envolvidos em situações tão complexas?

A família, além de também ser tratada, deve ser envolvida no processo de cuidar do paciente, minimizando assim, os sentimentos que emergem no processo de terminalidade. O vínculo e a confiança desenvolvidos pela equipe multiprofissional com a família podem tornar a situação menos complicada para todos, à medida que recebem informações esclarecedoras e sabem o que está acontecendo com o paciente e as medidas adotadas. A integração da família na tomada de decisões também os ajuda a lidar com a situação de um ente querido na terminalidade.

 


VALENCIS CURITIBA HOSPICE

Rua. Euclides da Cunha, 841 | Bigorrilho

(41) 3079-8080

valencis.com.br

 

Posts Relacionados

Check-up feminino: quais os principais exames? Que as mulheres se preocupam mais com a saúde, alimentação, praticam mais atividades físicas e buscam um estilo de vida saudável não é nenhuma nov...
Vou de orgânico Todo mundo sabe que alimentos orgânicos são melhores. Mas por que mesmo? Segundo a nutricionista Camila Mattos, especialista em tecnologia de alimento...
Financiamento coletivo ajuda a colorir hospital   Hospital Angelina Caron inspirou-se em outros trabalhos artísticos realizados em instituições de saúde (Foto: Art Porn)   Crowdf...

Viverno digital

Loading...