Qual o tênis ideal para se exercitar?

Escolha vai muito além do design mais bonito ou da marca da moda

22 de fevereiro de 2016 - Por: Redação

BemEstar_Tênis ideal

Utilizar um calçado correto pode ajudar tanto a evitar lesões quanto para garantir um maior conforto na hora de praticar atividades físicas. Por isso, a escolha do tênis é muito importante é vai muito alem do design mais bonito ou da marca da moda. Segundo o ortopedista Luiz Fernando Bonaroski , do Hospital Nossa Senhora das Graças, cada modalidade esportiva exige um trabalho diferenciado do nosso corpo, “portanto, necessita de acessórios, roupas ou calçados específicos a fim de diminuir desconfortos, dores ou lesões”.

Daniela Silvares, professora de corrida da Academia Cia Athletica, explica que em primeiro lugar é preciso entender qual o seu tipo de pisada, que pode ser supinada (quando se gasta mais o lado de fora do tênis), pronada (quando se gasta mais a parte de dentro do tênis), ou neutra (quando o gasto é mais no centro). “Existe um teste especifico para identificar o tipo de pisada das pessoas e a partir disso é possível escolher o tênis correto”, afirma.

Também é preciso estar atento ao tempo de uso de calçado. “Após um certo tempo de uso, que varia de acordo com a frequência das atividades, o tênis tem que ser trocado, pois à medida que vai desgastando, o calçado vai perdendo suas características de conforto e estabilidade”, alerta o ortopedista.Vale lembrar que uma avaliação com médicos, fisioterapeutas e educadores físicos é sempre importante para a melhor escolha dos calçados e orientações específicas para cada esporte.

Posts Relacionados

As maiores tendências fitness de 2016 APRESENTA   Adora se exercitar e sempre está à procura de novas aulas e modalidades? Todos os anos a American College of Sports Medicine re...
Regule seus hormônios para emagrecer Você pratica exercícios físicos, alimenta-se corretamente e mesmo assim percebe que não tem conseguido perder peso? Não desanime! Corre fazer um c...
O poder das frutas vermelhas Grandes fontes de oxidantes, as frutas vermelhas alçaram o status de superalimentos, e não é à toa. Amoras, framboesas, morangos, cereja, uva escura e...

Viverno digital

Loading...