Tire suas dúvidas sobre varizes

Especialista esclarece sobre o transtorno que afeta quase metade das mulheres brasileiras

27 de dezembro de 2016 - Por: Redação

saúde_vascular

As pernocas ganham destaque com a chegada do verão, não é mesmo? Mas a preocupação que ronda a cabecinha das mulheres quando o assunto é expor as pernas são as temidas varizes. “Quem sofre com o problema sabe como isso mexe com a autoestima. Tanto que algumas mulheres deixam de usar roupas curtas por conta dos vasinhos”, comenta o cirurgião vascular Dr. Cristiano Schmitt, do Angiocentro Curitiba. “Mas calma! A questão é resolvida por meio de cirurgias e tratamentos que vão deixar as pernas sempre lindas”, reforça. Porém, nem tudo que você ouve por aí é verdade. Confira as respostas e algumas dicas do profissional sobre o assunto.

 

Usar salto provoca varizes?

Verdade. Podemos dizer que sim, apesar de não existir nenhum estudo que comprove isso, pois o uso prolongado de salto alto dificulta a circulação do sangue nas pernas, ocasionando varizes e varicoses. O uso do salto alto dificulta o movimento amplo de contração e extensão da panturrilha, diminuindo seu bombeamento e ocasionando represamento do sangue. Esse represamento causa sobrecarga e a dilatação das veias, levando a incompetência das mesmas. Se você gosta, ou precisa usar salto alto, a dica é realizar exercícios físicos pelo menos três vezes por semana, para alongar o tendão e fortalecer a panturrilha.

 

Musculação é bom para varizes?

Mito. A maioria dos exercícios está liberada, mas a atenção deve ser redobrada com a sua carga quando falamos em varizes.  Atividades que têm como foco ganho de força e hipertrofia podem danificar as válvulas venosas. No caso específico da musculação é o esforço excessivo no levantamento de peso o fator agravante para as varizes. Com isso, a repetição é capaz de forçar as veias e causar lesões, que por sua vez podem provocar as varizes.

 

Ficar em pé ajuda a prevenir varizes?

Verdade. Quando falamos em circulação, o ideal é não ficar muito tempo sentado ou em pé parado. Sempre que for assistir à televisão elevar os membros inferiores, por exemplo, e caminhar de duas em duas horas para não deixar sangue acumulado na musculatura das panturrilhas.

 

Varizes têm causa hereditária?

Verdade. Existem fatores genéticos ainda não completamente compreendidos que levam ao aumento da ocorrência de varizes em certas famílias. Mas é importante ressaltar que as varizes são causadas por múltiplos fatores, ou seja, nem todos em uma família desenvolverão a doença.

 

Alimentação ajuda a evitar varizes?

Mito. Não existe uma lista de alimentos saudáveis para as veias ou para a pele e musculatura das pernas. Contudo, existem alimentos que podem estragar a circulação das pernas prejudicando a nutrição tecidual. Alimentos ricos em triglicerídeos e colesterol, tabagismo e excesso de açúcar são prejudiciais para a circulação.

 

Mesmo operando as varizes elas podem voltar?

Verdade. Como os principais fatores (hereditário, ligado ao sexo feminino e idade) não são corrigidos pela cirurgia, veias que hoje estão boas podem se tornar varizes no futuro. É preciso entender que quando o médico opera as varizes, ele remove apenas as veias doentes. Porém, ao longo de muitos anos, as veias que eram sadias na época da primeira cirurgia podem tornar-se varicosas.

 

Varizes podem levar ao aparecimento de trombose?

Verdade. Varizes em seu estágio intermediário e avançado são fatores de risco para a formação de coágulos nas veias das pernas, a chamada trombose venosa profunda. Com a diminuição do fluxo sanguíneo dentro das veias varicosas e alterações inflamatórias nessas veias, formam coágulos, a chamada trombose. Por isso, ao perceber novas varizes é importante procurar um especialista para saber se o caso pode ter mais complicações.

 

Gravidez provoca varizes?

Verdade. Essa questão é mais estatística, mas podemos afirmar que sim. Em todos os livros a gestação conta como fator predisponente para varizes. Na primeira gestação é mais raro de a paciente apresentar varizes, mas da segunda para frente é bem comum. Claro que há exceções, mas, estatisticamente, na segunda gestação e nas subsequentes é que as varizes ligadas ao fator gestacional aparecem.

 

cristianoCRISTIANO SCHMITT

Rua Padre Anchieta, 2310, Sala 31

Champagnat | (41) 3092-9699

angiocentrocuritiba.com.br

Posts Relacionados

Clínica da Saúde Curitibana combina beleza e bem-e... Três coisas não podem faltar na programação de uma mulher que busca maior qualidade de vida: pensar em sua saúde, bem-estar e também (por que não?) na...
Seis dicas para combater a celulite Não há mulher que não se preocupe ou não se incomode com a celulite. E, de fato, quase todas estão sujeitas aos terríveis furinhos. De acordo com ...
Num piscar de olhos Dr. Artur Schmitt explica como é possível enxergar melhor e eliminar óculos de grau e lentes com a cirurgia refrativa   Os dados são elevados. ...

Viverno digital

Loading...