Você está de boa com seu corpo?

Não deixe que a insatisfação com a própria imagem gere insegurança. Acompanhe as dicas para sentir-se melhor com você mesma

25 de dezembro de 2017 - Por: Redação

bem_estar voce esta de boa com o corpo

Insatisfação corporal é generalizada nos dias de hoje. Se a pergunta “Mudaria algo no seu corpo?” fosse lançada, quase certeza de que todas as mulheres diriam que sim. Sempre tem algo que incomoda a gente e que queremos mudar. No entanto, esse desejo nem sempre é real e pode gerar problemas de ordem psicológica. Tenso, né? Existem vários motivos para essa insatisfação e o principal deles é a pressão externa. Sabe aquela influência básica que recebemos por meio da TV, cinema, mídias sociais e tantas outras ferramentas de comunicação?

“A comparação é quase que inevitável com as imagens que recebemos diariamente. Soma-se a isso problemas de autoestima e boom, eis um problemão”, explica Priscilla Leitner, psicóloga pesquisadora em compulsão alimentar do Instituto de Pesquisa do Comportamento Alimentar (IPCAC).

“Existe a busca pela saúde e qualidade de vida, pois isso é muito importante. Mas estamos falando de algo mais subjetivo, uma imagem corporal que não é aceita pela pessoa”.

Existe um universo de biótipos, principalmente aqui no Brasil, onde a mistura genética garante diferentes tipos de corpos. “Por isso, é preciso entender que o corpo desejado, às vezes, é algo impossível de se chegar. Quando é preciso esforços nutricionais, alimentares, físicos, cirúrgicos e emocionais para manter ou chegar a um tipo de corpo, pode-se dizer que aquele não é o corpo da pessoa”, explica.

“Vejo uma onda de pessoas na mídia, redes sociais trazendo essa ideia de aceitação do próprio corpo – é o lado oposto de toda essa padronização existente. A questão de não aceitar o próprio corpo é uma tarefa difícil, emocionalmente falando. Requer um esforço muito grande psíquico para rejeitar o próprio corpo. Então, não se trata também de algo muito simples a questão da aceitação”, alerta.

 

 

10 dicas para aprender a lidar melhor com o próprio corpo:

1 – Evite ficar falando de forma crítica de si mesma
2 – Questione os motivos da indústria das dietas
3 – Aprecie o seu corpo e busque uma forma de lidar melhor com ele
4 – Aprenda a lidar com o seu metabolismo de uma forma suave e leve
5 – Aprecie a diferença e evite pensar que o corpo apresentado pela mídia é o ideal
6 – Lide com suas próprias emoções
7 – Entenda que a não aceitação do corpo pode ser uma não aceitação de si mesma
8 – Valorize coisas que você gosta em você mesma
9 – Busque a verdade com aquilo que pode ser alcançado, por meio de metas reais, para ter a coragem de buscar esse corpo
10 – Evite ficar obsessiva com o peso

 

 


DRA. PRISCILLA LEITNER
INSTITUTO DE PESQUISA DO COMPORTAMENTO ALIMENTAR DE CURITIBA — IPCAC
Al. Júlia da Costa, 1708 | Bigorrilho
(41) 3023-0450
ipcac.com.br

Posts Relacionados

Mindful eating: a técnica que vai melhorar o seu a... A psicóloga Dra. Priscilla Leitner é especialista em compulsão alimentar (Foto: Mariana Barcellos)   Provavelmente você já leu ou ouvir fa...
Veja além: injeções para cuidar da sua visão O que você acha do ditado: “De graça até injeção na testa” ou “de graça até injeção no olho”? Só de imaginar isso já gera um desconforto, não é mesmo?...
Como você deve se preparar para uma prova esportiv... Já pensou em participar de uma competição esportiva? Seja correndo, pedalando ou nadando, a verdade é que cada vez mais pessoas têm se interessado...

Viverno digital

Loading...