Xô, tristeza! Acupuntura contra doenças emocionais

Como a acupuntura pode ajudar a conquistar uma vida plena e tratar doenças emocionais comuns no frio

18 de maio de 2017 - Por: Angélica Mujahed

Happy woman enjoying bike ride

 

Com a chegada dos dias mais friozinhos você fica mais em casa, não se encontra tanto com amigos e começa a engordar? Sim, isso é normal. Ainda mais em uma cidade como Curitiba! Mas seu psicológico não precisa sofrer no inverno (ou em qualquer estação!). Sabe o que pode ajudar e muito para que você se sinta sempre bem? A acupuntura.

 

Tem tido crises de choro, sentido tristeza, ansiedade, pessimismo com relação à vida e outros pensamentos negativos? Não hesite! Procure ajuda para ter uma vida verdadeiramente plena. De acordo com o Dr. Antonio Cezar Mendes dos Santos, o equilíbrio é a solução. “A acupuntura é comprovadamente um tratamento rápido e eficaz para os distúrbios emocionais da vida moderna”, explica. A técnica estimula a produção dos hormônios da alegria (serotonina), da dor (endorfina) e do sono (melatonina), promovendo bem-estar, melhora imediata do sono e aumento da disposição, entre outros benefícios.

 

Ok, mas como funciona?

A acupuntura trata a essência do indivíduo para garantir o bem-estar em todas as áreas. “Porem, é uma técnica individual. Os pontos a serem trabalhados no corpo são escolhidos depois de uma avaliação detalhada”, esclarece Dr. Antonio. Cada sessão dura cerca de 30 minutos e é recomendado realizar uma por semana durante três meses. Após este período é feita uma reavaliação.

 

Livre-se dos males do século

 

1 Depressão

Que a doença é uma reação aparentemente inexplicável de desânimo e tristeza, quase todo mundo sabe. Mas você sabia que a acupuntura estimula a produção de alguns hormônios no corpo tratando esse problema? Ela promove maior sensação de bem-estar, mandando a tristeza para longe!

 

2 Ansiedade

Quem não conhece alguém que sofre com transtornos de ansiedade? A técnica milenar é indicada para combater esses males. Associada ou não à psicoterapia ou uso de medicamentos, as “agulhinhas” relaxam o corpo e a mente e não tem efeitos colaterais. A acupuntura ajuda nesses quadros, pois age na liberação de substâncias como a dopamina (que, quando baixa, causa falhas na concentração e memória, irritabilidade, desmotivação e queda de libido) e serotonina (o conhecido hormônio da felicidade).

 

3 Estresse

Pressão no trabalho, trânsito para chegar até em casa, mil compromissos… Tudo isso nos tira do sério, provocando o tal estresse. Mas como a Medicina Tradicional Chinesa pode ajudar? Promovendo relaxamento e dispersando tensões por meio do equilíbrio das energias corporais.

 

4 Síndrome do Pânico

Não, não é frescura! O problema atrapalha a vida de muitas pessoas e pede uma atenção especial. Segundo a Medicina Tradicional Chinesa, a síndrome acontece quando há um esgotamento da energia Jing, que é a essência da energia do Rim (sim, isso mesmo!). A acupuntura alinha essas energias corporais e promete melhorar os sintomas de medo e ansiedade excessivos.

 

 

ANTONIO CEZAR MENDES DOS SANTOS

Rua Comendador Araújo, 510, sala 1501 |

Centro | (41) 3223-8927 |

consultorioac.com.br

 

 

 

 

 

 

 

Posts Relacionados

Usa óculos? A cirurgia a laser pode te ajudar   (Imagem: Jamie Beck e Kevin Burg) Dormir de óculos, não saber onde guardou e ficar com as lentes molhadas na chuva são situações comuns ...
Financiamento coletivo ajuda a colorir hospital   Hospital Angelina Caron inspirou-se em outros trabalhos artísticos realizados em instituições de saúde (Foto: Art Porn)   Crowdf...
Seis dicas para combater a celulite Não há mulher que não se preocupe ou não se incomode com a celulite. E, de fato, quase todas estão sujeitas aos terríveis furinhos. De acordo com ...

Viverno digital

Loading...