Valorize seu espaço gourmet

Inspire-se para criar o seu e reforçar o conceito de que a cozinha é o coração da casa

6 de março de 2017 - Por: Redação


A ideia é unir a cozinha à sala de estar, ao bar e à adega para recepcionar amigos e familiares, criando uma interação entre as pessoas. Confira alguns espaços gourmet e inspire-se para criar o seu e reforçar o conceito de que a cozinha é o coração da casa

 

 

Os espaços gourmets não são apenas locais de difusão de gastronomia. São, por excelência,  espaços de convivência, conversa e  interação. Abrigá-los junto às varandas integrando cozinha/jantar, cozinha/estar, salões de festas e churrasqueiras, são sempre boas opções. No que diz respeito à estética, a decoração segue para um momento clean (com tampos, pedras e marcenaria de cor e textura uniformes) e despojado (concreto, cimento, tijolos e materiais reaproveitados). Quando tocamos na funcionalidade, espaços flexíveis, que se adaptem, comportem com aconchego poucas pessoas e, com fluidez, muitas delas.  A dica para decorar espaços como esse é utilizar materiais despojados que têm um pouco de história. Tijolinhos demolidos, rolhas de cortiça colecionadas, vidros que se tornam luminárias, quadros e gravuras que instiguem frases, conversas e alegorias por vezes trazem à tona uma lembrança que se torna uma boa conversa. Os itens culinários então nem se fala. Temperos, verdinhos, garrafas, galeteiros e latas de embalagem conseguem ambientar como ninguém um espaço gourmet. Por vezes, o mais importante é garantir que o convidado aprecie muito mais o ato de estar que a vontade de comer.

Leopoldo Roesler e Camila Kredens | Roesler & Kredens Arquitetura

 

 

A ideia foi criar um ambiente prático e convidativo para que todos fiquem confortáveis, jogando conversa fora por mais tempo. Em geral varandas, cozinhas e salas são ambientes que podem ser integrados a um espaço para a preparação de refeições, seguindo o conceito “gourmet”. Não precisa ter necessariamente uma cozinha, pode ser apenas uma churrasqueira, por exemplo. A única exigência para quem quer montar um espaço assim em casa é que haja integração com um espaço de preparo de alimentos. Muitas vezes, em espaços pequenos é mais fácil integrar a cozinha com os ambientes sociais da casa. Em espaços maiores, pode ser necessário investir um pouco mais. Na decoração, é importante cuidar dos detalhes. As próprias garrafas de bebida podem ser usadas para decorar, fazendo uma composição. Peças como copos e taças, acessórios também. Mesmo as rolhas de vinhos, se colocadas em um vaso de vidro ou algo similar, podem se tornar uma peça interessante.

Nelson Machado e Alexandre Weiss | Machado & Weiss Arquitetura e Interiores

 


Leia também: Inspirações para deixar seu cantinho ainda mais aconchegante


 

 

O espaço gourmet se incorporou ao projeto arquitetônico como decorrência de uma mudança sociocomportamental. Nos anos 50 as cozinhas e os novíssimos eletrodomésticos eram as vedetes das residências e foram eternizados pelas pin-ups. Duas décadas mais tarde, a revolução sexual feminina trouxe grandes mudanças comportamentais e a cozinha perdeu espaço e importância dentro dos projetos. Ninguém mais queria saber de pilotar fogão até que a gourmetização da culinária conquistou adeptos, impulsionados pela proliferação de programas televisivos com chefs premiados, e o fogão voltou a ser destaque no ambiente residencial.  Hoje, saber cozinhar, como entender de vinhos e degustação de cafés, tornou-se exemplo de cultura e refinamento.  Por esses aspectos a cozinha se integrou a outros espaços da casa, para não isolar o chef do dia. Os materiais empregados são os mesmos utilizados nas salas de estar. Quem diria que após a queima de sutiãs um conjunto de panelas Le Creuseut poderia ser sonho de consumo entre tantos.

Jorge Elmor | Elmor Arquitetura

 

 

O conceito do projeto partiu da necessidade de adequar a planta do apartamento ao uso realmente desejado, que era ter amigos e familiares juntos na hora das refeições e lazer. Partindo dessa ideia, o antigo home, que era no segundo andar, foi transformado em espaço gourmet. Vários ambientes têm potencial para se tornar um espaço gourmet, uma garagem, uma sala sem uso, uma varanda. O ambiente tem que ter a cara dos proprietários, mas antes de projetar é preciso lembrar que o local precisa ser funcional para quem for cozinhar.  O que não pode faltar é uma ilha com banquetas, para as pessoas sentarem em volta do cozinheiro, batendo um papo e tomando um vinho. A ideia para criar espaços assim é reaproveitar alguns móveis da casa que estavam de lado. Por exemplo, para a criação da ilha, é possível utilizar uma mesa antiga que pode ser pintada e colocada junto ao móvel da cozinha, dando uma ideia de ilha. Já para as cadeiras pode-se fazer capas de linho, mudando toda a cara das cadeiras antigas. Destaque também para a madeira, que é sempre bem-vinda nesses espaços, garantindo uma mescla de estilos que pode surpreender.

Luciana Olesko e Maria Fernanda Lorusso | Olesko & Lorusso Arquitetura e Interiores

 

 

O ato de cozinhar normalmente atrai as pessoas, e nesse caso a família queria estar unida e repartir o espaço de forma confortável. Foi criada uma área de preparo e outra para refeição que estão juntas, porém dispostas de formas distintas. Nessa área havia uma cozinha e uma lavanderia. A disposição e o mobiliário seguem uma linguagem contemporânea que valoriza as linhas, principalmente as horizontais, e uma tendência clean, com menos elementos que interrompem a visão no entendimento do ambiente como um todo. Os detalhes ficam por conta dos objetos e dos utensílios de cozinha, que podem ser encontrados nas mais diversas cores e formatos, e imprimem ao ambiente a personalidade de quem usa o espaço. O espaço gourmet integra aqueles que cozinham com os que estão ali para saborear, por isso essa interface merece um cuidado especial. É importante que estes usos distintos compartilhem o espaço de modo confortável, juntos, mas sem se interferirem. Uma boa bancada ou até mesmo uma boa mesa podem atender perfeitamente às necessidades, transformando esses momentos numa ocasião de encontro e diversão.

Luciano Surski | Grifo Arquitetura

Posts Relacionados

Elegância na casa de campo Com a ajuda da natureza e do conforto que só a zona rural pode oferecer, essa casa de campo construída em São José dos Pinhais, consegue unir elegânci...
Utensílios divertidos para a cozinha   Objetos para cozinha são um charme não é? Para quem gosta de usar a imaginação em novas receitas ou mesmo preparar algo mais prático, confir...
Objetos para decorar a mesa de Natal Nada como montar uma mesa linda na noite da ceia para você surpreender os convidados, não é? Para facilitar sua comemoração, fizemos uma seleção de pr...

Viverno digital

Loading...