Dubai Sem Clichê

29 de abril de 2015 - Por: Redação


Quando fomos para os Emirados Árabes Unidos pela primeira vez, em 2008, uma ansiedade misturada com medo tomava conta de nós. Eu e a Lorena, minha esposa, jamais tínhamos visitado um país no qual a religião fosse tão influente na vida das pessoas. Recebíamos orientações a todo tempo, com relação ao comportamento que deveríamos adotar, onde poderí­amos ir ou não, os “perigos” de Dubai, enfim, puseram medo na gente.

Como fomos a trabalho, não sobrou muito tempo para turistar. Mas o pouco que vimos lá nos agradou. E nada nos deixou assustados, apesar de termos seguido à risca quase todas as dicas… O que deu mais medo foi um dia que a Lorena decidiu ir ao mercado, se perdeu e quase foi parar no meio do Deserto da Arábia!

Abertura-1

Tirando isso, saímos de lá impressionados. Tudo orga­nizado, limpo, seguro e, tirando o radicalismo da religião islâmica (com relação a roupas e demonstrações de afeto em público), voltamos para o Brasil com uma ótima im­pressão. E aquele gostinho de quero mais.

Em janeiro deste ano completei 40 anos e queríamos fazer uma viagem especial. A princípio, os Emirados Ára­bes não estavam nos nossos planos. Mas uma oportunida­de especial surgiu e decidimos voltar, levando, dessa vez, as crianças conosco – Paola, de 11 anos, e Enrico, de 9.

Mesquita

CUSTO-BENEFÍCIO INCRÍVEL

Já tínhamos uma noção – e uma excelente impressão – dos custos de Dubai. Preços de hospedagem, alimentação e lazer por lá são iguais ou mais baixos que no Brasil. Sim! É mais barato ir para o outro lado do oceano que visitar Natal ou Fernando de Noronha.

O táxi é mais barato, o McDonalds é mais barato, o ho­tel é mais barato. Enfim, praticamente tudo lá custa me­nos. Isso acontece, principalmente, por causa do câmbio. O Real vale mais que o Dirham, moeda local. Além disso, como há muito petróleo lá, o preço da gasolina é baixo, desonerando os custos com transporte de produtos. Uma grande vantagem na hora de fazer compras e passear.

SpiceSouk

Souks com produtos locais

ATRAÇÕES INESPERADAS

Quem pensa que Dubai tem apenas obras megalomanía­cas e ouro está enganado. Claro que os arranha-céus, os hotéis luxuosos e os maiores shoppings do mundo estão lá. Mas a parte histórica também é deslumbrante. O mu­seu da cidade, o passeio no deserto, com shows das águias, dos camelos e de dança do ventre, a história dos beduínos e o mercado das especiarias (Spice Souk) são imperdíveis. Mostram uma história de superação de um povo que ti­nha apenas um deserto e água salgada e transformou a região num dos melhores destinos turísticos do planeta.

As atrações são muitas, para todos os gostos. A moder­nidade do Burj Khalifa (o maior prédio do planeta, com 828 metros), o luxo do Burj Al Arab (único hotel 7 estre­las do mundo), o Miracle Gardens (sim, eles fizeram um jardim maravilhoso no meio do deserto), a fonte de “águas dançantes”, o Mercado do Ouro, os outros souks com pro­dutos locais, as mesquitas, as praias do Golfo Pérsico… Enfim, se você ficar lá uma semana vai faltar tempo para conhecer tudo.

Vista do Burj Al Arab, único hotel 7 estre­las do mundo.

Vista do Burj Al Arab, único hotel 7 estre­las do mundo.

E por lá tudo funciona perfeitamente. Metrô, ônibus, segurança, atendimento ao turista. É impressionante! Eles sabem o quão importante é o turismo para o país e rece­bem os estrangeiros com atenção e cortesia.

Além de Dubai, Abu Dhabi é outro emirado que vale a pena visitar. Lá estão o Parque da Ferrari, onde está a montanha-russa mais veloz da face da Terra, o circuito de Yas Marina, que recebe a Fórmula 1, a maior mesquita do mundo, entre outras atrações. Fica a uma hora de carro de Dubai e as locadoras cobram em torno de R$ 100 a diária (para um sedan médio!).

Mesquita Abu Dhabi

Mesquita Abu Dhabi

Fora o descanso, a diversão e as compras, a bagagem cultural, religiosa e histórica que trazemos para casa após uma viagem dessa é enorme. Por isso, podemos dizer que esse é um destino que vale a pena conhecer.

CLIQUE E VEJA A EDIÇÃO COMPLETA

 *Matéria escrita por Claudio Stringari para a edição 128 da revista VIVER Curitiba

Posts Relacionados

Ed Sheeran vem a Curitiba em maio A espera acabou! O cantor britânico Ed Sheeran divulgou nesta quinta-feira as datas dos shows que fará no Brasil este ano e Curitiba está nessa li...
Mostra de cinema francês acontece nesta quinta-fei... O cineasta Jean-Pierre Melville, ícone do cinema, recebe mostra em sua homenagem (foto: divulgação) Jean-Pierre Melville foi um cineasta francês q...
DVD de Michel Teló e show de comédia agitam Curiti...   Master Class sobre cinema O Curso de Cinema do Centro Europeu vai apresentar uma Master Class gratuita e aberta ao público com o tema...

Viverno digital

Loading...