5 dicas para treinar o inglês em casa

Não é somente dentro da sala que a gente pode estudar, confira maneiras simples de fazer isso em casa e arrase no vocabulário

25 de janeiro de 2018 - Por: Redação

talken_5 dicas para apender ingles em casa web

Quando o assunto é aprender uma segunda língua, estudar, e estudar mais, faz parte do processo para alcançar o sucesso. Conversamos com Tatiana Mendonça, professora da Talken English School, que nos deu dicas especiais para reforçar o aprendizado em casa. O bacana disso tudo é que você vai se divertir enquanto aprende.

 

#1

Use post-its para identificar objetos e cômodos da casa; ou até mesmo para listar verbos que são usados/praticados com tais cômodos e objetos.  A associação diária daquilo que você vê ou faz, com os seus respectivos nomes ajuda a memoriza-los.

#2

É sempre muito valioso associar um tema que você gosta aos estudos. Por isso, na hora de treinar o seu listening e aumentar seu vocabulário, vale assistir tutoriais na web em inglês. Quanto maior o seu interesse no assunto, mais se tira proveito do vídeo.

#3

Leia, e leia muito. A leitura é uma aliada ao treino de qualquer língua. Procure temas do seu interesse e evite parar para traduzir a toda hora. Isso torna a leitura monótona e você logo se cansa e desiste. Quando não entender de fato, procure o significado em um dicionário (Merriem Webster dictionary é uma opção de app), que além de te dar a definição e exemplos, vai manter um histórico das suas buscas.

#4

Ainda usando a tecnologia a nosso favor, porque não definir o inglês como a língua padrão no seu tablet e smartphone? Como são aparelhos usados com bastante frequência, a repetição faz com que você memorize palavras que certamente estarão presentes na sua vida fora das telas também.

#5

Para quem gosta de escrever, um simples journal, ou diário, pode ajudar a personalizar esse treino. Você sairá da sua zona de conforto e irá atrás de maneiras diferentes de se expressar. E de quebra, isso certamente fará com que o seu journal  seja um pouco mais difícil de ser lido por qualquer um que o encontrar.

Posts Relacionados

Luca Glaser e a trajetória para o Ironman Luca Glaser já é conhecida nas redes sociais por compartilhar sua rotina de treinos e provas. A curitibana pratica triathlon há 17 anos, mas 2016 ...
Razão e sensibilidade Marília Gabriela se entrega ao trabalho, aos amores e à vida com uma coragem inspiradora. E aí, vai encarar?       POR Luís Fernando Carneiro | FOTO ...
Elizabeth Titton, a menina do dedo verde No famoso livro infantil O menino do dedo ver­de, do francês Maurice Druon, Tistu era um ga­roto com um dom excepcional: bastava um to­que de seu po...

Viverno digital

Loading...