6 dicas para viver Curitiba com criatividade

Você vive Curitiba? Olhe para a cidade de um jeito diferente! Você vai se surpreender com o que ela tem a oferecer

23 de abril de 2018 - Por: Redação

(foto: Guilherme Pupo)

(foto: Guilherme Pupo)

 

Qual a sua rotina na cidade? Faz o mesmo caminho todos os dias para ir e voltar do trabalho, frequenta o mesmo parque, tem seus restaurantes preferidos, sai sempre com as mesmas pessoas? Então, pare pra pensar: qual é a Curitiba que você conhece? Muito provavelmente, será uma muito aquém do que ela realmente é. “Cada cidade tem suas vocações e talentos. Curitiba tem vários, como gastronomia, eventos, cultura, na área criativa, negócios. É uma cidade que proporciona elegância, mas também coisas muito simples que fazem bem às pessoas, como os parques e áreas abertas. É uma cidade que vai do simples ao requintado com preços até acessíveis comparados a outras capitais do Brasil”, diz Jean Sigel, cofundador da Escola de Criatividade. A mesma Curitiba que você conhece – ou acha que conhece – tem elementos-surpresa que às vezes não enxergamos, como bons músicos de samba e chorinho, bares na calçada, baixa gastronomia, coisas que há pouco tempo não se acreditava que existiam por aqui.

 

 

(foto: Guilherme Pupo)

(foto: Guilherme Pupo)

 

Mas por que não vemos? Porque é muito mais fácil ficar na zona de conforto. Para quebrar velhos hábitos, precisamos estar dispostos a mudanças e geralmente resistimos a elas, porque dói e dá trabalho. Confesse: é bem mais cômodo frequentar sempre os mesmos lugares, onde você já sabe que tem o prato que gosta ou a música que curte ouvir, do que arriscar algo novo. “Para adquirir novos hábitos, é preciso praticá-los, com insistência. Estabeleça metas: uma vez por mês visitar um lugar diferente, experimentar uma comida nova, ir em uma rua do bairro que nunca foi”, propõe Jean.

 

(Foto: Guilherme Pupo)

(Foto: Guilherme Pupo)

Para conseguir fazer isso, é preciso estar aberto ao novo, sem preconceitos. Quando falamos de olhar para o lugar em que vivemos, é assumir quase uma postura de turista. Sabe quando você viaja e quer conhecer tudo, tem um olhar curioso para cada cantinho que passa? É bem por aí. Na nossa cidade, a tendência é fazermos os mesmos programas e olharmos para ela de uma forma convencional, pois já vivemos ali. Mas, agindo assim, perdemos oportunidades incríveis de ver como a cidade pode nos surpreender de várias maneiras, pode ser com um atrativo novo que você não foi ainda, ou mesmo um local muito popular e tradicional que você deixa de ir porque já foi há 10 anos e acha que não precisa ir mais. “Acabamos deixando de olhar a cidade de forma criativa. É preciso estar disposto a ter curiosidade dentro da sua própria cidade, voltar naquele lugar clássico, não ter preconceito com o novo. Curitiba é uma cidade extremamente criativa. Sempre foi vanguarda em diversos setores, como moda, design, arquitetura, música, literatura. A cidade é feita de pessoas, de várias tribos, e Curitiba tem muita gente diferente, curitibanos e também pessoas que vieram de fora. Essa mistura faz dela uma cidade muito criativa”, conclui Jean.

 

6 dicas para curtir a cidade de maneira criativa

Por Jean Sigel

1- Vá a algum bairro que nunca esteve antes e conheça algum restaurante indicado por locais. Quando viajamos, costumamos entrar no táxi e perguntar onde os nativos costumam ir, não é? Faça o mesmo!

2- Quebre o preconceito e conheça algo novo da cidade sob o olhar de “tribos” diferentes das suas. Se fizermos sempre o mesmo programa, com as mesmas pessoas, entramos no comodismo.

3- Saia da toca! Só assim para sentir e perceber a cidade de forma prática. Ande a pé, corra ou vá de bike para se obrigar a olhar verdadeiramente a cidade, parar e conversar com pessoas.

4- Vá a algum hostel da cidade que receba muitos estrangeiros e pegue dicas superdescoladas. Você acaba se surpreendendo com tanta coisa que a cidade pode oferecer de maneira diferente.

5- Converse também com pessoas do seu dia a dia e pergunte que lugares indicam: restaurantes, parques, lugares que visitaram. Não costumamos falar sobre isso com pessoas próximas, porque é a nossa cidade, supostamente já conhecemos tudo. E faça questão de perguntar a pessoas de diferentes idades e estilos.

6- Experimente a cidade verdadeiramente do clássico ao novo, do simples ao inusitado e não apenas repita velhos hábitos.

 

Confira a dica de quatro criativos da cidade para viver Curitiba com criatividade e confira algumas fotos de Guilherme Pupo para te inspirar a aproveitar a cidade!

Posts Relacionados

Conselhos de mulheres acima de 40 anos para as de ... Neste Dia da Mulher pensamos em várias maneiras de comemorar. Homenagear nossas mães, avós, pessoas que nos inspiram... Mas o que a VIVER entendeu é q...
Trânsito seguro: só podia ser mulher Com pulso firme, Luiza Simonelli está à frente da Secretaria de Trânsito de Curitiba Mulher ao volante, perigo cons... Não, não é bem assim! Inúme...
Câncer de mama: como um envelope mudou minha vida Paulo Silva foi quem recebeu o resultado do exame da esposa, Deize. "Um dos primeiros pensamentos foi de culpa ‘será que foi algo que fiz?" (Fotos: P...

Viver no digital

Loading...