O redescobridor da Rua 24 Horas

Conheça o jovem que “peitou” a desconfiança e ajudou a reerguer um dos principais pontos turísticos de Curitiba

8 de janeiro de 2019 - Por: Redação


Foto: Priscilla Fiedler

Foto: Priscilla Fiedler

 

 Inaugurada em 1991, a Rua 24 Horas foi a primeira “rua-galeria” a funcionar 24 horas por dia no Brasil. Rapidamente se transformou em um dos principais pontos turísticos de Curitiba, atraindo muitos turistas e curitibanos que queriam curtir o horário de funcionamento diferenciado e o belo projeto arquitetônico. Mas como nem tudo é perfeito, o espaço começou a enfrentar vários problemas, principalmente relacionados a segurança, e viu o público debandar.

Após ficar fechada por alguns anos, a Rua 24 Horas foi reaberta em 2011, já com um novo conceito: foco gastronômico. Nessa nova fase, o cartão postal curitibano ganhou o apoio de um jovem empresário batalhador e sonhador: Luiz Breda. Sócio do Grupo Bávaro, o curitibano, formado em Engenharia da Produção e especializado em Negócios, “peitou” a desconfiança e passou a administrar grande parte dos empreendimentos da rua: Bávaro, Pezzo, Prinzen, James Hill e Fresh Juice. As casas de Breda oferecem desde sanduíches até refeições mais trabalhadas, com receitas exclusivas.


Foto: Priscilla Fiedler

Foto: Priscilla Fiedler


“Encontramos na Rua 24 Horas um endereço com grande potencial de crescimento para diversas opções diferentes de restaurantes. Os variados públicos que frequentam o espaço permitem essa diversificação. São trabalhadores da região, famílias curitibanas em busca de lazer e, logicamente, turistas que admiram a beleza e a história do local. E aos poucos nós soubemos oferecer tudo o que eles precisavam”, comenta o empresário.

Além de ser responsável por cinco das quatorze operações do tradicional ponto turístico, o jovem de 33 anos movimenta o espaço com eventos exclusivos que têm chamado a atenção dos curitibanos, entre eles festivais gastronômicos, transmissões esportivas e shows musicais ao vivo. “Devido ao grande tempo fechada, a Rua 24 Horas saiu da agenda dos curitibanos e dos turistas durante muito tempo. Encontramos nos eventos uma maneira de divulgar o espaço e atrair o público para cá novamente”, comenta Breda. Nos últimos meses, o empresário promoveu dezenas de eventos gastronômicos na Rua 24 Horas, entre eles os festivais do Bacon, do Risoto e do Estrogonofe.


Foto: Priscilla Fiedler

Foto: Priscilla Fiedler


Para quem não frequenta a Rua 24 Horas há muito tempo, Luiz Breda pede um voto de confiança. “Sabemos que muitas coisas estavam erradas por aqui, mas tivemos a capacidade de corrigir tudo e oferecer um espaço de excelência, com foco principal na gastronomia. Aqui, os usuários encontram opções para todos os gostos e bolsos, além de uma infraestrutura linda, conhecida em todo mundo. Convidamos os curitibanos e os turistas para conhecer a nova Rua 24 Horas, um espaço com opções imperdíveis para todos os momentos do dia”, completa Breda.

Posts Relacionados

Glitter, por favor! 1. Família! Filha, marido, mãe e pai, não têm como viver sem. São, sem dúvidas, as pessoas mais importantes da minha vida. Meu chão, meu porto seguro....
Deborah Secco, protagonista na maternidade Foto: Karla Passaglia e Tristana Passaglia   Por: Michele Marreira  Intensidade. Talvez seja essa uma das características que mais iden...
Os benefícios da dança que vão muito além do físic...   Terapia da dança. Você já ouviu falar? Para algumas pessoas que praticam essa atividade é assim que elas a encaram. Isso porque a prátic...

Viver no digital

Loading...