Luciana e seu mural de ideias

Ela é criadora de um portal de cultura para crianças e quer mudar o mundo com a arte

7 de dezembro de 2017 - Por: Redação

comportamento_bora viver luciana

Fotos Pablo Contreras

Esta é a primeira da série de entrevistas com personalidades de Curitiba que contaram para gente um pouco sobre suas missões e o que fazem para se manterem motivados. E aí, qual a sua missão? é inspiradora e pode te ajudar a descobrir a sua.

 

Sou a LUCIANA VARASCHIN, mãe de dois meninos fora de série, o João Pedro e o Guilherme, e esposa do Lu, amor da minha vida. Criadora do Muralzinho de Ideias, portal de arte e cultura para crianças e produção de eventos.

Qual o seu propósito?

Acredito que na vida temos muitas missões. As minhas são movidas por muito amor. Permitir-se ser você com todos os seus defeitos e qualidades, preparar meus filhos para o mundo, seja ele “belo” ou não, despertar no outro a possibilidade de ver e transformar o mundo por meio da arte.

Qual o seu grande momento?

Por incrível que pareça, não foi ser mãe. Acho que já nasci preparada para a maternidade. Então, meu grande momento de virada foi quando escolhi a arte para minha vida. Aconteceu quando optei por ser bailarina, depois quando me encantei pela educação através da dança e, hoje, com as alegrias que o Muralzinho me dá.

O que te motiva?

Estar viva. Amo acordar e ter um dia inteirinho pelo frente. Confesso que às vezes queria que o dia fosse como uma folha em branco pra gente fazer desenho livre, sem tantos compromissos. Mas, no meio do turbilhão de afazeres, quando conseguimos a dosagem das coisas – o que não é fácil – é bem bacana!

Segredos para se manter inabalável?

Se permitir ser abalável é o grande truque. Ninguém é uma fortaleza! Errar, acertar, rir e chorar muito. Tudo isso faz parte de estar vivo. “O correr da vida embrulha tudo, a vida é assim: esquenta e esfria, aperta e daí afrouxa, sossega e depois desinquieta. O que ela quer da gente é coragem”, Guimarães Rosa. É isso!

Em 2018… vou na mesma tocada de ir sempre em busca de equilíbrio e qualidade de vida. Dou tchau a 2017 feliz por ter sido autora de mais um trecho da minha história e coautora das histórias das pessoas que estão comigo. Que venha 2018 e vida que segue!

 

 

Posts Relacionados

Semear é preciso No mês em que os professores são homenageados, nada melhor que conversar com Vera Miraglia, que aos 80 anos continua acreditando na força da educação ...
Tudo Orna: O blog que virou café em Curitiba As irmãs Débora, Julia e Bárbara Alcântara: de blogueiras a empreendedoras, transforaram o Tudo Orna em marca de sucesso (Foto: Gutyerrez Erdmann) ...
Carol Castro: gosto de me reinventar por Michele Marreira Foto: Dudu Lima   Dona de um sorriso largo e corpo exuberante, aos 32 anos, Carol Castro vive um momento de ascens...

Viverno digital

Loading...