Nayme abre unidade na Mercadoteca e aposta em ‘prato do dia’

Cardápio mistura clássicos árabes e novidades da casa

3 de dezembro de 2018 - Por: Redação

Foto: Priscilla Fiedler

Foto: Priscilla Fiedler

 

Sanduíches como se come no Líbano. Pratos do dia. Pão árabe assado na hora e mini sfihas em todos os sabores originais servidos no Nayme Vicente Machado além de sabores inéditos. Esta é a prévia do cardápio do Nayme Mercadoteca, segunda unidade do árabe mais charmoso de Curitiba. A empresária e Chef Yasmin Zippin Nasser deverá dedicar-se ainda mais à cozinha nessa fase de expansão do seu bem-sucedido Nayme Culinária Árabe.

Com cuidado redobrado nos bastidores, o controle de qualidade permanecerá sob os olhos atentos da proprietária – uma vez que grande parte dos itens será produzido na cozinha da Vicente Machado. A novidade, de caráter administrativo, é que a partir de agora um novo membro da família une forças à Chef Yasmin. O sobrinho Tarik de Mello Nasser assumiu a responsabilidade pelo processo de compras e controle administrativo do Nayme.

“A conquista do nosso segundo endereço faz parte do processo de crescimento da marca Nayme, que caminha para o terceiro ano. Vamos manter os mesmos padrões da gastronomia do restaurante na Vicente, respeitando nossa tradição e incluindo gradativamente algumas novidades. O Tarik chegou para somar nesta equipe”, afirma.

A proposta de ir para o complexo gastronômico amplia a presença do Nayme na região do Mossunguê, que demonstra cada vez mais interesse na boa gastronomia. “Queremos ser opção para quem mora e trabalha perto da Mercadoteca. Será uma maneira de atender novos e antigos clientes com o mesmo carinho, mesmo que num pequeno espaço – comum nesse tipo de empreendimento. Pensamos num cardápio mais enxuto, mas que preserve nossos carros-chefe, como é o caso do pão árabe”, acrescenta a Chef, que também lembra que os itens serão preparados para viagem para quem quiser passar apenas para retirar e levar para casa.

A opção de delivery também estará ativa junto com todas as operações da Mercadoteca, já em funcionamento.

 

Cardápio

Foto: Priscilla Fiedler

Foto: Priscilla Fiedler

Para quem tem curiosidade sobre o cardápio, a Chef adianta que ele será sempre alvo de novidades, mas promete manter itens clássicos, como é o caso das mini sfihas (R$6) nos sabores: carne, queijo, zattar, babbaghanouj, hommus, coalhada e queijo com tomatinhos em cubos e zattar, e as novas: queijo com bottarga, coalhada com zattar, coalhada com azeitonas libanesas e zattar, espinafre passas e noz pecã, zattar com tomate, azeitona e pepino em cubos.

Já os sanduíches, itens especialmente preparados para o Nayme Mercadoteca, e muito comuns nas ruas do Líbano, são compostos pelo pão árabe assado na hora, recheado com salada, picles, uma opção das pastas árabes à escolha do cliente e o Kafta, que pode ser de carne bovina (R$ 20) ou com carne de cordeiro (R$ 22). Os sanduíches com carne de cordeiro desfiada diferentes do kafta de cordeiro, são servidos com figo turco, lascas de amêndoas (R% 35), com geleia de damascos com pimenta (R$ 35) e com tâmaras e snoubar (R$ 35).  

A outra variação do sanduíche, que atende ao público que prefere suprimir a carne da alimentação, é o Falafel (R$ 16), que substitui a carne pelos clássicos bolinhos de grão de bico.   Imprescindíveis no cardápio, os quibes também têm espaço garantido. O clássico quibe cru é servido na porção de 250g e custa R$ 26. Já na versão frita, a unidade custa R$ 16 e, na porção, com 6 unidades médias, sai por R$ 38. A icônica Coxinha de Abóbora, feita com abóbora cabotiá, recheada com carne de cordeiro e servida com geleia de menta custa R$ 9, a unidade. De terça a sexta os clientes podem pedir o prato do dia. Eles variam de R$ 24 a R$ 26 e serão servidos tanto no almoço quanto no jantar. Cada uma das cinco sugestões é atribuída a um dos dias da semana e são os pratos que têm ótima saída do Nayme Vicente Machado, assim como os Charutinhos de folha de parreira, cozidos em panela de ferro, arroz de aletria e tabule e o Chich Barak. Outra alternativa, que também não possui proteína animal, são as supersaladas do Nayme. A sugestão de sobremesa é aquela que a Chef Yasmin sugere dia a dia.

 


Nayme Mercadoteca

Rua Paulo Gorski, 1.309, Mossunguê

 

Posts Relacionados

Harmonização de vinhos no La Varenne O sommelier José Vinicius Chupil indica quais as melhores opções de vinho para cada prato (Foto: Vanina Maciel) Para quem é apreciador de vinhos, ...
Farfalloni com salmão APRESENTA   Este prato é uma ótima opção para um almoço rápido e delicioso. Confira os ingredientes e corre para a cozinha.   ...
Novo bar une música, gastronomia, drinks, adega e ... Um novo bar lança raízes na noite curitibana. Abre as portas nesta quinta-feira (25) o Wit Bar, que leva para a Rua Itupava, no Alto da XV, um c...

Viver no digital

Loading...