Onde encontrar pães de fermentação natural

Eles levam horas para ficarem prontos - alguns chegam a 40 horas fermentando! - e o resultado é uma casquinha crocante irresistível e um miolo pra lá de macio

12 de junho de 2018 - Por: Redação

Foto: Marbô Bakery

Foto: Marbô Bakery

 

No café da manhã ou naquele lanchinho de fim de tarde, nada melhor do que sentir aquele cheiro de pão, não é? As opções artesanais vêm ganhando cada vez mais força, seja por serem mais saudáveis (veja quadro a seguir), seja por sua casquinha crocante e consistência deliciosa por dentro. O processo em sua essência é bem simples, mas exige dedicação, como ensina o chef Rodrigo Santiago, da Chicago Bakery, com especialização em panificação nos EUA e na França. “Fazer pão é bater a massa, deixar crescer, modelar e assar. Mas a diferença está nos detalhes. Tudo começa com a mistura da farinha com a água e deixar descansar no mínimo meia hora. Depois adiciona-se o levain (fermento natural) e sal e a massa é sovada. Então a massa é esticada sobre ela mesma algumas vezes com intervalos e fica descansando até quase dobrar de volume, o que dá algumas horas. Então é dividida, boleada, modelada e finalmente vai para a segunda fermentação a frio, onde permanece a 5ºC por no mínimo 15 horas. No dia seguinte o pão é assado e finalmente pode ser saboreado”.

O chef Marcos Bortolozo, da Marbô Bakery, fazia pães de fermentação natural em casa desde criança e usa o fermento de sua mãe até hoje. “Hoje uso três tipos de levain (fermento). Os pães mais simples nossos ficam em média 10 horas fermentando e outros podem chegar a até três dias”, conta.

 

Foto: Pão de Bixo

Foto: Pão de Bixo

 

Os pães de fermentação natural ou lenta são mais saudáveis do que os pães de fermentação rápida. Veja porquê:

1.

Melhoram a digestão, pois no processo de fermentação são quebradas algumas moléculas, o que facilita o trabalho realizado pelo estômago.

2.

Aumentam o teor de bactérias benéficas no intestino.

3.

Equilibram a flora intestinal.

4.

Seu índice glicêmico é menor do que de outros pães.

5.

Têm diversos nutrientes e não contêm açúcar, gordura, conservantes, corantes nem essências.

 

Ficou com água na boca? Conheça alguns lugares em Curitiba onde você pode experimentar deliciosos pães de fermentação natural:

 

Chicago Bakery

Foto: Rodrigo Maria

Foto: Rodrigo Maria

 

Além da própria padaria, os pães ainda podem ser encontrados em outros 9 pontos na cidade, como no Bon Vivant do Mercado Municipal, no Les Terroirs e no Jacobina Armazém.

chicagobakery.com.br

 

Maçã Padaria Artesanal Brasileira

Foto: Divulgação

Foto: Divulgação

 

Os pães, além de fermentados naturalmente, são feitos só com ingredientes orgânicos. Entre as opções, há o Brasileiro, o de queijo com cúrcuma, o de azeite e o de sementes.

facebook.com/macapadaria

 

Magrela Pães

Foto: Rafael Vaccari

Foto: Rafael Vaccari

 

Os pães são todos feitos com farinha orgânica produzida no Paraná. Trabalha somente com encomendas e entregas nas quartas e sábados.

facebook.com/magrelapao

 

Marbô Bakery

Foto: Fernando Zequinão

Foto: Fernando Zequinão

 

Dá para comprar os pães na padaria ou provar diversas opções no brunch, servido aos sábados das 11h às 16h e domingos e feriados das 10h às 16h.

marbobakery.com.br

 

Pão de Bixo

Foto: Divulgação

Foto: Divulgação

 

Com farinha de trigo orgânico, produzida em Realeza, no oeste do Paraná, no cardápio há o pão de grãos, o caipira, o integral e também baguetes, ciabattas, pão de cacau, pão de centeio, pão de hambúrguer, pães recheados, entre outros. Trabalham com encomendas e entregas em domicílio.

facebook.com/paodebixo

 

 

Posts Relacionados

Drinks não alcoólicos para um fevereiro detox O verão está aí, e com o aumento das temperaturas, nada melhor que dar uma hidratada com algo mais leve, né? A VIVER separou receitas de drinks não al...
Sabedoria De Mãe Numa tarde perfeitamente curitibana (sol, clima fresco), adentramos o apartamento da chef Daniela Caldeira. Ocupada que só ela, precisou tirar uma tar...
7 lugares para comer carne de onça em Curitiba Foto: Patrícia Amancio   A carne de onça foi criada nos anos 50 aqui em Curitiba. Décadas depois, o prato continua sendo um sucesso. O ...

Viverno digital

Loading...