5 dicas para criar um armário-cápsula para crianças

Saiba como montar um guarda-roupa mais funcional e econômico para os seus filhos

5 de julho de 2018 - Por: Redação

Aprenda a montar um armário-cápsula para crianças (Foto: Vanin Fotografia)

Aprenda a montar um armário-cápsula para crianças (Foto: Vanin Fotografia)

Ter somente o necessário, sem gerar acúmulos e gastos desnecessários: essas são as propostas por trás de um armário cápsula, conceito criado pela blogueira norte-americana Caroline Joy Rector, que procurava uma maneira mais sustentável de consumir moda. A ideia deu tão certo que conquistou milhares de adeptos, provando que não é necessário ter uma quantidade enorme de roupas para estar sempre bem vestido.

 

Mas e para crianças? Será que a ideia de ter um número-limite de roupas e de calçados, para serem combinados entre si em diferentes composições funciona? Confira algumas dicas para adotar esse conceito e tornar o closet das crianças muito mais funcional.

 

 

 

 

 

 

 

 

 

Adaptação em primeiro lugar

Limitar a quantidade de peças no guarda-roupa é um processo delicado no caso das crianças. Isso se deve ao fato de elas estarem em processo contínuo de crescimento, o que afeta drasticamente o tempo útil das roupas no armário. Por isso, a dica é adaptar o conceito e começar reduzindo a quantidade de compras realizadas no ano, por exemplo. Priorize peças curingas e versáteis, que podem ser usadas nas mais diversas ocasiões, em diferentes combinações.

 

 

Separe por categorias

Separar as roupas por categorias pode ajudá-lo a visualizar melhor quantas peças são necessárias para compor o armário-cápsula. Divida-as de acordo com a rotina de cada criança, mas use como base estas três categorias: roupas de passear, roupas de brincar e roupas para a escola. Nessas três categorias, separe as peças em dois sub-grupos: roupas para o frio e roupas para o calor.

 

Menos é mais!

A ideia do armário-cápsula é aproveitar ao máximo o potencial de cada peça de roupa. Por isso, seja na hora de comprar, seja na hora de montar o armário, evite o excesso. Pense nas atividades e nas necessidades cotidianas dos seus filhos: se as crianças passam a maior parte do ano usando uniforme escolar, será que cinco calças jeans são realmente necessárias?

 

Qualidade acima de quantidade

Essa é a regra mais básica de quem quer construir um armário-cápsula. Investir em peças de tecidos de qualidade é garantia de que as roupas vão continuar lindas e inteiras, mesmo após o uso e a lavagem. Quem tem poucas peças, mas de bons tecidos e modelagens, não precisa consumir constantemente e não corre o risco de acumular roupas que furam, encolhem ou embolotam com facilidade.

 

Divirta-se!

O processo de construção do armário-cápsula não precisa ser chato ou estressante! A ideia é trabalhar a sua criatividade com as crianças. Por isso, não tenha pressa! Com pequenas mudanças no dia a dia, é possível adotar esse estilo de vida e, de quebra, fortalecer os laços que você tem com seus filhos, ensinando a eles sobre consumo sustentável e valorização das roupas.

Posts Relacionados

À moda da sua casa Elaine Cristina fala sobre a Vida Leve, que aposta em acompanhamento nutricional e refeições prontas sob medida   Você já ouviu aquele ditado q...
20 ideias de fantasias infantis de arrasar O Viver Kids Day está chegando! O evento que marca o lançamento do anuário Viver Kids 2017 será uma festa à fantasia com muita diversão para os pequen...
Vem aí a feira mais fofa e chic de Curitiba! Foto: Divulgação   Quem é mãe sabe: as crianças crescem rápido, as roupas ficam apertadas, os brinquedos são deixados de lado e é um corre...

Viverno digital

Loading...