6 dicas para a alimentação das crianças no verão

Calor pede refeições leves e muito líquido – sem nunca esquecer dos perigos da adição de sal e açúcar na comida dos pequenos

11 de dezembro de 2017 - Por: Redação

alimentacao-infantil-saudavel menor

Não é porque estão de férias que você deve descuidar da alimentação dos seus filhos. Ok, dá para liberar um sorvete ou um bolo de chocolate com mais frequência, mas não se esqueça que alimentos saudáveis na infância ajudam a criança a crescer com saúde e vão influenciar seus hábitos na vida adulta. Adquirir estes hábitos desde a primeira infância é a forma mais fácil de mantê-los no futuro.

A inclusão de sal e açúcar na comida, por exemplo, não deve acontecer na alimentação de bebês e crianças. “Quanto mais tarde melhor”, afirma a nutricionista Maria Cristina Staut, sócia da Baby Cook, empresa que fabrica e comercializa purês congelados 100% naturais, sem adição de sal e açúcar e livres de aditivos químicos. Ela explica que a prática de oferecer sal e açúcar logo após a fase de amamentação pode trazer prejuízos à saúde e prejudicar as preferências alimentares a longo prazo. “O sal em excesso pode prejudicar o funcionamento dos rins e a adição de açúcar aumenta o risco de cárie, diabetes e predispõe à obesidade futura. A recomendação é evitar até que a criança tenha um ano ou um ano e meio de idade. E se puder retardar por mais tempo, melhor ainda”, diz.

Confira 6 dicas da nutricionista para cuidar da alimentação das crianças durante o verão:

1. Seja cauteloso no preparo e na aquisição dos alimentos no verão. As refeições devem ser leves e saudáveis, oferecidas em porções menores, e mais vezes ao dia.

2. Opte por alimentos naturais, pouco processados, sem aditivos químicos e de origem confiável.

3. Alie praticidade ao benefício nutricional.

4. Garanta a ingestão abundante de líquidos. Ofereça seguidamente água, chás, frutas, sucos e purês de frutas.

5. No pratinho muita cor! Verduras e legumes variados fornecem importantes vitaminas.

6. Esqueça o sal e o açúcar! Não adicione no preparo dos alimentos. O paladar do bebê só reconhece a falta após ser introduzido.

Posts Relacionados

Mom at work: 11 dicas de mães que são feras no tra... Vida de mãe já é corrida e cheia de emoções por natureza, ainda mais para as que trabalham fora. Tem que conciliar horários, resolver muita coisa a di...
Brincadeira é coisa séria O mundo está caminhando numa velocidade insana e muitas vezes os primeiros afetados por tanta correria são as crianças. É comum percebermos que estã...
Senta, que lá vem história! Não tem jeito melhor de incentivar o gosto pela leitura do que uma boa história. Quando é contada de maneira lúdica, então, as crianças ficam vidradas...

Viverno digital

Loading...