A importância da educação infantil para o desenvolvimento das crianças

A educação infantil é uma fase importantíssima para o desenvolvimento do seu filho e da vida escolar dele

11 de julho de 2018 - Por: Redação

A educação infantil é fundamental para o desenvolvimento das crianças (foto: Leonardo Freire Fraga)

A educação infantil é fundamental para o desenvolvimento das crianças (foto: Leonardo Freire)

 

Você já ouviu falar sobre a primeira infância? Compreende o período dos 0 aos 6 anos de idade e já está mais do que comprovada a sua importância no desenvolvimento da criança. Não é à toa: nessa fase, os neurônios formam de 700 a mil
novas conexões por segundo. O resultado? Até os 3 anos de idade, o cérebro atinge 87% do tamanho que terá no futuro. Aí está a extrema importância desse período da vida. Para criar essa complexa rede de informações, a criança precisa ser estimulada com palavras, afeto e proteção. Segundo a Unicef, cerca de 30% das crianças no mundo não atingem sua plena capacidade por falta de incentivo. Entendeu a importância da família e da escola? Na educação infantil são desenvolvidas atividades essenciais para o desenvolvimento do cérebro. “É uma das etapas mais importantes da formação da criança, pois é quando começa a descobrir e vivenciar novas experiências além do contexto familiar. Também é nesse período que constrói a base de sua personalidade, identidade e começa a se reconhecer como uma pessoa”, explica Sibele Dal Col, coordenadora da Educação Infantil do Colégio Marista Paranaense.

 

“Queremos postura investigativa nas crianças: que saibam argumentar com os pares, desacreditar algumas crenças, não aceitar as coisas passivamente”. /// Ana Paula Dentzel, coordenadora da Educação Infantil do Colégio Marista Santa Maria.

 

Você pode ter a impressão de que seu filho “só” brinca na escola. Mas é exatamente por meio da brincadeira que ele se desenvolve! E por mais despretenciosas que pareçam as atividades propostas pelos professores na educação infantil, elas trazem várias lições que são levadas por toda a vida. Um estudo realizado com 1 milhão de crianças no estado da Carolina do Norte (EUA) mostrou que alunos que tiveram uma boa educação infantil precisam de menos reforço escolar e apresentam melhor desempenho no ensino fundamental. Em Harvard (EUA), cientistas já apontaram que, quanto mais a criança se desenvolve na escola nessa fase da vida, maiores são as chances de chegar ao ensino
superior e ganhar bons salários quando adulta.

“Ter autonomia de pensamento, ser criativo, aprender pela reflexão, interagir com outro, ouvir e dar opiniões são alguns dos tantos aprendizados que o brincar possibilita”. /// Maria Tereza Oliveira, coordenadora da Educação Infantil do Colégio Marista Anjo da Guarda.

Brincar, sim! Quando falamos em desenvolvimento e aprendizado na educação infantil, isso não significa apostilas, provas e um monte de lição de casa. Pelo contrário: o mais importante é deixar a criança brincar! “O brincar na educação infantil vai além de um direito. É brincando que a criança tem a oportunidade de expressar seus sentimentos, medos, alegrias, sem ser conduzida a sentir e a perceber a vida a sua volta pelo olhar do adulto.

 

(foto: Leonardo Freire Freire)

(foto: Leonardo Freire)

 

Ao brincar espontaneamente, a criança vai se constituindo como um sujeito único, mas que não existe sozinho. Aos poucos, a brincadeira abre espaço para o coletivo, permitindo que a criança estabeleça para si e para os outros a sua volta papéis que reproduzem a sua percepção do mundo, família, amigos da escola, vizinhos”, defende Maria Tereza Oliveira, coordenadora da Educação Infantil do Colégio Marista Anjo da Guarda.

 

“Por meio da interação com o outro, a criança aprende a conhecer e a respeitar os colegas, os adultos e a natureza”.
/// Sibele Dal Col, coordenadora da Educação Infantil do Colégio Marista Paranaense

 

Além das oportunidades de relacionamento interpessoal, uma das importantes funções da escola, o brincar é um instrumento vivo e de grande valor para a descoberta, desenvolvimento das potencialidades e, consequentemente, de uma aprendizagem significativa. “Quando em nossa prática valorizamos e damos tempo para o brincar, não o restringindo ao espaço do pátio (recreio), estamos valorizando uma das maneiras mais significativas que nossas crianças aprendem: pela experiência, pela exploração, pela curiosidade, pela observação, ou seja, elementos que geram um verdadeiro e significativo conhecimento na educação infantil”, complementa.

EI 2

(Foto: Leonardo Freire )

 

Escola desde cedo: porquê?
A estimulação das crianças desde pequenas contribui para o seu aprendizado, pois desenvolvem suas capacidades motoras, afetivas e sociais. E esse estímulo acontece por meio de diferentes situações de aprendizagem. Mas quais são os aprendizados que uma criança tem quando começa a frequentar a escola? Segundo Sibele Da Col, elas entram
em contato com espaços de diálogo, trocam experiências e levam questionamentos. “Isso as torna protagonistas ativas, que se complementam por meio do diálogo e aprendem pela interação com o outro.”

 

(Foto: Felipe Freire)

(Foto: Felipe Freire)

 

O que as atividades e jogos podem ensinar?
Convide seu filho a explorar diferentes espaços, como parquinhos, praças e bosques. “Isso permite experiências muito significativas! Aproveite para utilizar brinquedos feitos com materiais reaproveitados, como elástico, corda e bambolês”, pontua Sibele Dal Col. Além disso, outra sugestão da coordenadora é resgatar brincadeiras tradicionais, como Escravos de Jó, Cinco Marias, e jogos de tabuleiro, como Jogo da Velha.

 

/// As atividades permitem momentos importantes de troca entre pares ou pais e filhos
/// Possibilitam que as crianças elaborem regras de convivência em grupo e ampliem seu repertório de brincadeiras
/// Elas aprendem durante a interação, respeitando a ludicidade e o prazer de conviver.

 

Esse protagonismo é fundamental para que a criança desenvolva autonomia para pensar. Na educação infantil, o aluno precisa ser visto como alguém que constrói conhecimento. Por isso, nos colégios maristas de Curitiba a pedagogia utilizada é por projetos. As turmas iniciam o ano em aberto e o professor vai prestando atenção às crianças, às suas curiosidades e experiências de vida. Tudo pode virar um projeto: um objeto que desperte interesse, uma pergunta, uma história, algo que viram no recreio. “Não predeterminamos a temática porque o carro-chefe da educação infantil é o protagonismo das nossas crianças, que desde pequenas são muito capazes de desenvolver a argumentação”, afirma Ana Paula Dentzel, coordenadora da Educação Infantil do Colégio Marista Santa Maria.

 

Como os pais podem ajudar?
/// Incentive que o aprendizado da escola continue em casa
/// Crie um clima de fraternidade e convivência por um mundo mais solidário
/// Vivencie e repasse valores por meio de ações concretas no dia a dia

 

Podem acontecer mais de um projeto por turma ao longo do ano e eles não têm tempo determinado. Todos apresentam o desafio de responder uma pergunta investigativa. “O professor contribui, mas parte sempre da participação das crianças. O educador precisa ter a escuta desenvolvida, que é bem diferente de ouvir. Não é só audição, é percepção, olhar os gestos”, diz Ana Paula.

 


Colégio Marista Paranaense /// Rua Bispo Dom José, 2674 /// Seminário /// (41) 3016-2552 ///
Colégio Marista Santa Maria /// Rua Professor Joaquim de Matos Barreto, 98 /// São Lourenço /// (41) 3074-2500 /// colegiosmaristas.com.br

Posts Relacionados

Lolly Kids: O lugar perfeito para uma festa mágica... Foto: Divulgação   Não há quem já não tenha passado em frente ao Lolly Kids. Em plena Av. Manoel Ribas, no caminho para Santa Felicidade, ...
Lembranças de casa Quando penso na minha infância, lembro-me de alguns momentos com muita clareza: minha mãe cantando enquanto fazia bolinhos de chuva; as cadeiras virad...
Evite choro: como cuidar da pele das crianças no v... Verão é sinônimo de sol, mar, areia e crianças fazendo a festa. Qual delas não gosta de curtir as férias brincando na praia ou na piscina, não é mesmo...

Viverno digital

Loading...