Mom at work: 11 dicas de mães que são feras no trabalho e em casa

22 de maio de 2018 - Por: Redação

Vida de mãe já é corrida e cheia de emoções por natureza, ainda mais para as que trabalham fora. Tem que conciliar horários, resolver muita coisa a distância e ainda administrar a saudade e o aperto no peito por ficar longe dos filhos. Conversamos com algumas dessas mães modernas, as meninas da Ieme Comunicação, e pedimos dicas de como equilibrar essa difícil balança. E você, como faz com a rotina de mãe trabalhadora?

 

Foto: Gus Wanderley

Foto: Gus Wanderley

 

Dica #1: Não fique muito tempo afastada do trabalho, senão fica cada vez mais difícil voltar.

Dica #2: Aceite ajuda: dos sogros, da mãe, do marido, da cunhada, das tias.

Dica #3: Crie regras e uma rotina na casa. Com horários de mamadas, de trocas, de banho e de sono, fica mais fácil conciliar reuniões, visitas aos clientes ou cobertura de eventos com o papel de mãe.

 

Tais Mainardes, empresária e jornalista, mãe do Raul, de 7 meses

 

Foto: Gus Wanderley

Foto: Gus Wanderley

 

Dica #1: Tenha uma boa equipe de trabalho.

Dica #2: Se possível, trabalhe em horários flexíveis e aproveite os benefícios da tecnologia para otimizar seu tempo.

 

Marília Bobato, empresária e jornalista, mãe da Gabriela, de 6 meses

 

 

Foto: Gus Wanderley

Foto: Gus Wanderley

 

Dica #1: Aproveite muito os momentos com os pequenos, o tempo passa muito rápido!

Dica #2: Uma boa rede de apoio é fundamental!

Dica #3: Importante reservar um tempinho para cuidar da gente. No começo é difícil, mas depois é bem possível e importante.

 

Ana Amaral, empresária e jornalista, mãe do João, de 2 anos

 

Foto: Gus Wanderley

Foto: Gus Wanderley

 

Dica #1: Reveja suas prioridades. Sempre vai ter algo para organizar em casa ou uma louça para lavar, por exemplo. Mas minha prioridade é passar o maior tempo possível com meus pequenos. Por isso, fico com eles e deixo o restante para depois, para quando eles dormem ou outra hora qualquer – sem me preocupar.

Dica #2: Goste do que você faz. É complicado conciliar o trabalho e a maternidade, mas se você gosta do que faz, tudo fica mais fácil. Não imagino a vida sem meus filhos, que amo mais que tudo, mas também não me vejo sem o meu trabalho, que me traz realizações.

Dica #3: Aceite que você não vai dar conta de tudo sozinha. Após ter minha primeira filha, tinha receio de pedir ajuda (por achar que só eu saberia cuidar bem dela ou por não querer que pensassem que eu não estava dando conta). Quanta bobagem! Hoje sei que é impossível dar conta de tudo sozinha e que é normal pedir ajuda. Minha família está sempre pronta para dar uma força sempre que preciso.

 

Aline Anile, jornalista, mãe da Alice, de 5 anos, e do Arthur, de 10 meses

 

Posts Relacionados

A importância da educação infantil para o desenvol... A educação infantil é fundamental para o desenvolvimento das crianças (foto: Leonardo Freire)   Você já ouviu falar sobre a primeira infân...
Tem espetáculo infantil gratuito amanhã no ParkSho... Foto: Divulgação   O ParkShoppingBarigüi recebe nesta quinta-feira (5), às 20h, o espetáculo infantil Coisinha, da mostra Guritiba que int...
Meu filho precisa de óculos? Nos primeiros meses de vida do bebê, a visão ainda está se desenvolvendo e ele enxerga pouco. Isso não significa que ele tenha algum problema – é ...

Viver no digital

Loading...