Dicas para cuidar da pele após o verão

Recupere a pele da exposição solar, do sal, do cloro e reestabeleça o brilho e a hidratação

1 de março de 2019 - Por: Redação

 

Woman on beach vacation relaxing in hammock by the sea

Ahhh, o verão! Época de aproveitar o sol, o mar, a piscina… Mas a verdade é que a pele sofre muito nessa estação, ficando ressecada e desidratada por conta da exposição solar, do sal do mar e do cloro da piscina. Além disso, é importante saber que nos dias quentes perdemos muita água e sais minerais que fazem parte da proteção natural do corpo. “A melhor maneira de proteger a cútis é aplicando filtro solar 30 minutos antes e após sair da água e hidratar com loções que contenham óleos de frutas, como uva, ou macadâmia e amêndoas, e utilizar também cremes ou emulsões em óleo após do banho. Além disso, é preciso ter atenção especial à alimentação, apostando em frutas, sucos, e, claro, muita água”, afirma a dermatologista Maria Frantzezo, da clínica MK Derma.

O ressecamento é um grande problema no verão, mas a exposição inadequada ao sol também apresenta riscos para a pele. “É muito comum ocorrer ardência e vermelhidão, que podem criar danos no futuro ou predisposição a doenças de pele”, explica Dra. Maria.

A dermatologista reforça ainda que com a pele danificada alguns riscos à saúde podem aparecer. “Com o ressecamento, a pele fica fissurada e mais suscetível às infecções causadas por fungos, vírus e bactérias, que podem ser superficiais, ou até comprometer o tecido celular subcutâneo.” Outro ponto frisado pela profissional é o cuidado necessário com a depilação antes de entrar no mar ou na piscina. “O ideal é depilar-se, seja com cera ou lâmina, 48 horas antes de entrar na água para prevenir qualquer tipo de contaminação.”


Leia também: tudo sobre dermocosméticos


 

RECUPERANDO A PELE

Não tem outro jeito, precisa abusar da hidratação para que a cútis se recupe03re após a exposição solar. “É preciso usar produtos hipoalergênicos, sejam com vitamina C, vitamina E ou ácido ferúlico, que reforçam a resistência da parede celular”. Outros produtos para restaurar a pele ressecada são os com derivados da uva (resveratol), e as mais sensíveis podem se beneficiar do creme de pomegranate (romã) e aloe vera. “Cada pele tem uma indicação diferente, por isso é tão importante procurar um profissional que saberá qual é o melhor produto para cada caso”, destaca Dra. Maria.

 

SEM MANCHAS!

Outro recurso para recuperar o viço, remover manchas recentes, melhorar a textura e tornar a pele mais homogênea e hidratada é o peeling. “Existem desde os mais profundos até os menos abrasivos, que causam menos escamação e vermelhidão, mas o paciente deve seguir todas as orientações profissionais para obter o melhor resultado possível.” Os procedimentos para tratar manchas geralmente são realizados com produtos clareadores e variam de acordo com cada tipo de pele. “Pode ser feita aplicação de ácido de frutas, que são menos abrasivos, até o peeling mais potente para quem possui pele oleosa, cicatrizes e acne”, frisa a dermatologista.

                                            

CUIDADO COM LASER E LUZ PULSADA

Dra. Maria alerta sobre o perigo de realizar laser ou luz pulsada em uma pele bronzeada. Como algumas manchas são tratadas com esses procedimentos, muitas mulheres voltam da praia e querem realizá-los prontamente. “A pele precisa ser preparada primeiro, senão corre o risco de ficar manchada”, finaliza.

 

 

beleza_dermatologia DR MKdermaDRA. MARIA FRANTZEZO
Rua Padre Anchieta, 2050, Cj 1707
Batel | (41) 3335-3488
mkderma.com.br

 

 


Viver no digital

Loading...