Genética e varizes: tudo que você precisa saber

Saiba como se prevenir para evitar o aparecimento das varizes e manter a saúde e a beleza das pernas

6 de novembro de 2017 - Por: Redação

Sim! A genética tem tudo a ver com as varizes, inclusive na maneira de preveni-las (Foto: divulgação)

Sim! A genética tem tudo a ver com as varizes, inclusive na maneira de preveni-las (Foto: divulgação)

É muito comum encontrarmos por aí mulheres que evitam exibir as pernas por conta das varizes. Mas, além da preocupação com a estética, esse problema precisa ser controlado o quanto antes, pois pode causar dores, inchaços, câimbras e evoluir para manchas escuras, feridas e até mesmo trombose.

Por isso, fomos a fundo investigar uma das maiores dúvidas sobre o assunto: será que a herança genética é a grande vilã do aparecimento das varizes? A verdade é que sim, se existem casos na família a probabilidade de se devolver o problema é grande. Porém, essa doença também é mais comum em mulheres por conta dos hormônios e, com o passar dos anos, é mais provável que aconteça. “Existem três fatores predisponentes que nunca abandonam o paciente: hereditariedade, prevalência no sexo feminino e a idade”, explica o cirurgião vascular Dr. Cristiano Schmitt, do Angiocentro Curitiba.

 

MEUS PAIS TÊM VARIZES. EU TEREI?

As chances são grandes, mas a hereditariedade não é uma sentença. “É preciso realizar avaliações de rotina, fazer exercícios físicos, manter um peso saudável, entre outros cuidados. Assim, a doença ficará sob controle”. Porém, é quase impossível evitar o problema para sempre com o aumento da idade, por isso a importância de se visitar um profissional regularmente.

 

SE É GENÉTICO, TEM EXAME?

Uma das primeiras perguntas que surge em nossa mente sobre o assunto é se, assim como outras patologias, existe exame para comprovar essa predisposição. Mas, de acordo com o profissional, a resposta é negativa. Ainda não existe nenhum estudo que tenha reconhecido o gene das varizes, o que existe são estudos observacionais que reconhecem a hereditariedade como maior fator na população.

 

E NOS HOMENS?

Apesar de ser um problema mais comum em mulheres, muitos homens sofrem com a doença. E com eles acontece a mesma coisa, a herança genética também influencia no aparecimento das varizes. “Os fatores principais para o aparecimento das varizes em homens são a hereditariedade e a idade”, afirma o cirurgião.

 

VASINHOS SÃO VARIZES?

Oito em cada dez mulheres sofrem com os “microvasinhos”, que são mais finos do que as varizes, tendo praticamente a mesma espessura de um fio de cabelo. Como são de um tom arroxeado, incomodam muito a mulherada! Para eles, a solução são injeções que servem para secá-los. Mas, se você sofre com este mal, é preciso ficar atenta, pois são considerados como o estágio inicial de uma disfunção circulatória.

 

AGORA, VAMOS TRATAR

A boa notícia é que atualmente existem várias soluções para amenizar e até mesmo prevenir varizes:

– Consulte anualmente um especialista. A prevenção é sempre o melhor caminho;

– Mantenha uma vida saudável, cuidando da alimentação, do peso e praticando atividade física;

– O problema apareceu? As principais soluções hoje são o EVLT, tratamento sem incisão, Radiofrequência, com microincisão e recuperação rápida, e ainda a espuma densa, que confere um bom efeito estético.

 


DR. CRISTIANO SCHMITT

angiocentrocuritiba.com.br

R. Padre Anchieta, 2310, Sala 31 | Champagnat

(41) 3092-9699


Viver no digital

Loading...